Ar melhora e queima da cana é retomada em São Paulo

Queima é liberada no período noturno em 274 municípios paulistas

AE |

selo

Depois de nove dias de proibição total, a queima controlada da palha da cana foi liberada neste domingo pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), no período noturno, em 274 municípios paulistas. Os canaviais podem ser queimados das 20 às 6 horas da manhã nas regiões em que o índice de umidade relativa do ar, medido pelo Sistema Integrado de Gestão Ambiental (Sigam) da Secretaria do Meio Ambiente, está acima de 20%, conforme ocorre nas regiões de Presidente Prudente (36%), Adamantina (38%) e Dracena (46).

O uso do fogo continua proibido nas regiões de Ribeirão Preto (13%) e Barretos (14%), entre outras. A queima da palha ajuda no processo de colheita da cana, mas é apontada pelo Ministério Público Estadual como causa de graves problemas ambientais.

Incêndio

Um incêndio atingiu duas fazendas de uma empresa de reflorestamento, na madrugada de ontem, em Votorantim, região de Sorocaba. As chamas consumiram 200 hectares nas duas propriedades, sendo 100 hectares com eucaliptos e o restante com mata nativa. O combate ao fogo mobilizou os bombeiros de Sorocaba e Votorantim, além de 90 integrantes das brigadas de incêndio da empresa.

    Leia tudo sobre: queimadascanaar seco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG