Após passar dos 100 km de lentidão, trânsito melhora em SP

Por conta do jogo do Brasil contra o Chile, CET espera novo pico de congestionamento à tarde na capital paulista

iG São Paulo |

Acompanhe o trânsito em SP, Rio e Belo Horizonte

O trânsito na cidade São Paulo que chegou a ter índice de lentidão de 114 km, por volta das 9h30 desta segunda-feira, melhorou e, às 12h17, estava em 19 km. O índice é considerado dentro da média para o horário, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Um dos motivos para o tráfego intenso pela manhã é o jogo do Brasil contra o Chile, às 15h30, pelas oitavas de final do Mundial da África do Sul. Muitas pessoas optaram por ir ao trabalho de carro já que as empresas costumam liberar os funcionários mais cedo para assistir à disputa. Para o período da tarde, a CET espera um novo pico de congestionamento, principalmente nas 2h30 que antecedem o início da partida, entre 13h e 15h30. O órgão recomenda que, quem puder, evite sair de carro neste período.

No 1º jogo do Brasil na Copa do Mundo, também realizado à tarde e em uma terça-feira, os motoristas enfrentaram o 2º pior congestionamento do ano na capital paulista. Às 15h do dia 15 de junho, havia 203 km de vias completamente paradas na cidade. O recorde de 2010 aconteceu às 19h do dia 19 de março, com 207 km. No 3º jogo, que foi às 11h da última sexta-feira, os motoristas não enfrentaram lentidão. O 2º jogo, contra a Costa do Marfim, foi em um domingo e também não atrapalhou o trânsito.

Por conta da partida, a CET afirma que irá monitorar os principais eixos viários da cidade, especialmente nas áreas que concentram bares e restaurantes, como os bairros de Moema, Jardins, Vila Mariana, Pinheiros, Vila Madalena, Vila Olímpia, Santana, Tatuapé e Centro. Segundo a empresa, há um aumento de 30% no efetivo nesta segunda-feira, totalizando cerca 500 agentes nas ruas, sendo que 270 estão em pontos estratégicos.

Não há bloqueios previstos na capital, até o momento. Porém, a ativação das faixas reversíveis podem ser alteradas de acordo com a demanda. O rodízio municipal funciona normalmente, assim como as áreas de zona azul. Às 11h15, o pior ponto para o motorista encontrava-se na Marginal Tietê, onde há filas tanto na pista local como na expressa, do Arco da Sabesp até a Ponte da Casa Verde, com 5,3 km.

    Leia tudo sobre: trânsitocopa do mundosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG