Após manifestação, funcionários liberam entrada da USP

Entrada principal da Cidade Universitária foi liberada por volta 10h, após mais de 3h bloqueada. Trânsito flui bem na região

iG São Paulo |

Trabalhadores em greve da Universidade de São Paulo (USP) bloquearam, por mais de três horas, na manhã desta quinta-feira, a entrada principal da Cidade Universitária, no Butantã, zona oeste de São Paulo. Os motoristas encontraram trânsito lento em toda a região e houve registro de pelo menos 1 km de congestionamento da rua Alvarenga até a ponte Cidade Universitária. O bloqueio também provocou filas na avenida Vitral Brasil, sentido centro.

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), os manifestantes deixaram o local por volta das 10h10 e não há mais registro de lentidão. Às 12h14, a cidade contabilizou 20 km de vias congestionadas, índice considerado dentro da média para o horário.

AE
De braços dados, funcionários fecham a entrada da USP para protestar por aumento salarial

Segundo informações da Guarda Civil Metropolitana, o protesto ocorreu de forma pacífica. Os funcionários estão em greve desde o dia 5 de maio e reivindicam aumento salarial de 6%, equivalente ao concedido aos professores das três universidades estaduais paulistas (USP, Unesp e Unicamp) no início do ano. Funcionários da Unesp e Unicamp também aderiram à greve.

Na quarta-feira, a reitoria da USP convidou os representantes dos sindicatos dos funcionários da universidade para mais uma rodada de negociações para o fim da greve. Em comunicado enviado na tarde desta quarta-feira, foi feita a proposta de uma reunião no dia 21 de junho, próxima segunda-feira. A reitoria permanece invadida desde 8 de junho.

Na cidade, segundo informações da CET, não há registro de acidentes relevantes no momento. Às 9h28, o índice de lentidão era de 64 km, considerado dentro da média para o horário.

Acompanhe o trânsito em tempo real

Trânsito é intenso nos principais acessos ao centro do Rio

    Leia tudo sobre: trânsitoUSPprotesto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG