Após esquecer documentos, ladrão é trancado em loja que assaltou em SP

Após levar celulares de loja, homem esqueceu documentos no balcão e foi preso pelo balconista ao voltar ao local do crime

AE |

selo

O desempregado Rogério Alves Emídio, de 24 anos, certamente não vai esquecer tão cedo sua estreia no mundo do crime. Ele, que até segunda-feira, não tinha passagem pela polícia e tinha acabado de perder o emprego numa construção, tentou conseguir um dinheiro assaltando uma loja de aparelhos celulares, em Votuporanga, interior de São Paulo. 

Mas acabou trancado pela vítima dentro da loja ao voltar à cena do crime para recuperar a pasta que continha sua Carteira de Trabalho e documentos do acerto trabalhista do seu último emprego. 

As câmeras internas da loja Fertec GSM Celulares, que fica no centro de Votuporanga, filmaram as trapalhadas. Fingindo possuir uma arma sob a camisa, Emídio entra na loja, deixa a pasta no balcão e anuncia o assalto. Em seguida, pede ao balconista Ailton Vítor Júnior, que estava sozinho, que abra a vitrine dos aparelhos celulares. 

Com a recusa do balconista, ele mesmo quebra a vitrine, pega quatro celulares e foge correndo para a rua, mas esquece a pasta, que depois de ser aberta, é retirada do balcão e guardada pelo balconista, que também já tinha telefonado para a polícia. Minutos depois, Emídio retorna à cena do crime para buscar a pasta, mas o balconista se recusa a pegar a pasta. 

Quando Emídio passa para o lado de dentro do balcão, o balconista sai rapidamente e fecha a porta da loja, trancando Emídio no estabelecimento. Desesperado, ele ainda tenta sair pela janela, mas não consegue, fica esperando alguém abrir a porta, mas quando isso acontece e ele tenta sair, dá de cara com PMs armados, que lhe dão voz de prisão. 

"Desconfiei que ele não estava armado, por isso me recusei a abrir a vitrine onde estavam os celulares e tomei coragem de sair e fechar a porta com ele dentro da loja", contou Vítor Júnior. Emídio, que foi preso em flagrante, teve nesta sexta-feira prisão preventiva decretada pela Justiça. Foi sua primeira passagem pela polícia.

    Leia tudo sobre: preso trapalhãovotuporanga

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG