Trânsito diminuiu nas rodovias na chegada a São Paulo. Por volta das 10h, São Paulo registrou menos de 40 km de lentidão

Após um início de dia com tráfego intenso nas principais rodovias na chegada a São Paulo, a situação estava melhor por volta das 10h. O Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) voltou a operar no esquema 5x5, onde a descida da serra é feita pelas pistas sul das rodovias Anchieta e Imigrantes e, a subida, pelas pistas norte das duas rodovias.

No momento, o tempo está encoberto, chove em pontos isolados, mas a visibilidade é boa. De acordo com a concessionária Ecovias, não há registro de lentidão.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou, às 10h06, 32 km de lentidão na cidade de São Paulo, índice considerado abaixo da média para o horário. O pior ponto é pista expressa da Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, da rodovia Castello Branco até a ponte Cidade Universitária, com 5,6 km. Pela pista local o motorista enfrenta outros 2,8 km, desde a rodovia Castello Branco até a ponte do Jaguaré.

Há congestionamento também nas seguintes vias: avenida Washington Luís, sentido centro,  do viaduto Washington Luís até o viaduto João Julião da Costa Aguiar, com 3,3 km; e avenida do Estado, sentido Ipiranga, com 2,7 km.

Rodovias

Na rodovia Anhanguera a lentidão também diminuiu e, por volta das 10h, o motorista encontrava filas apenas do quilômetro 99 ao 97, na região de Campinas. Na Bandeirantes o tráfego flui bem. A rodovia Castello Branco tinha, no momento, congestionamento do quilômetro 28 ao 26, na chegada a São Paulo, por conta do excesso de veículos.

A rodovia Presidente Dutra ainda registrava lentidão tanto na chegada a São Paulo como ao Rio de Janeiro. O motorista fica parado entre os quilômetros 163 e 166 e 179 e 178 pela pista expressa. Já no Estado de São Paulo há lentidão por cerca de dois quilômetros, na altura do 219, em Guarulhos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.