Após 127 dias, greve do Judiciário paulista chega ao fim

Servidores estavam em greve desde o fim de abril

iG São Paulo |

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) e a Sindicato União dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de São Paulo informaram nesta quarta-feira que chegaram a um acordo para por fim a greve da catergoria, que estava paralisada há 127 dias.

Segundo a assessoria da Tribunal de Justiça, o acordo assinado pelo presidente do TJSP, Ministério Público, representantes e advogados das associações e entidades foi levado à apreciação do desembargador relator do dissídio coletivo. O TJSP se comprometeu a proceder a revisão relativa à reposição pretendida no dissídio coletivo, a partir de janeiro de 2011, visando a atingir, no mínimo, o percentual de 4,77%. A retroatividade a março deste ano ficou condicionada a um aporte financeiro.

Também ficou acertado que os servidores compensarão as horas paradas com mutirões ou utilização de banco de horas, licença prêmio ou créditos de férias atrasadas. Não haverá sanções administrativas aos servidores por atos e manifestações em consequência da greve. Os funcionários da capital e grande São Paulo retornam ao trabalho nesta quinta-feira e os do interior voltam na sexta-feira. Representantes dos servidores e do TJSP se comprometeram a manter as negociações salariais permanentemente.

    Leia tudo sobre: judiciárioTJ

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG