Alunos de Medicina são condenados por agressão no interior de SP

Jovens agrediram ciclista com "tapetada", que o fez cair da bicicleta na cidade de Riberião Preto

AE |

selo

A Justiça condenou por lesão corporal três estudantes de Medicina acusados de agredir fisicamente e ofender um auxiliar de serviços gerais em dezembro de 2009 na cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

Eles foram condenados a três meses de detenção e um ano de reclusão pelos crimes de lesão corporal e injúria qualificada por preconceito. As penas foram revertidas por comparecimento em juízo por dois anos e prestação de serviços à comunidade por igual período ao da condenação e multa. A decisão é da juíza da 5ª Vara Criminal de Ribeirão, Ilona Márcia Bittencourt Faggioni.

No dia 12 de dezembro, os estudantes Emílio Pechulo Ederson, de 20 anos, Felipe Giron Trevisani, de 21, e Abrahão Afiune Júnior, de 19, agrediram Geraldo Garcia, de 55 anos. Eles enrolaram um dos tapetes do carro em que estavam e acertaram as costas da vítima. Geraldo seguia para o trabalho em uma bicicleta e agressão o fez cair no chão. Ele também teria sido insultado. Testemunhas chamaram a Polícia Militar, que prendeu os três rapazes. Os estudantes foram liberados menos de 24h depois, após cada um pagar fiança de R$ 5.580.

    Leia tudo sobre: agressãotapeteestudante medicina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG