Agentes penitenciárias são presas no interior de São Paulo

Três mulheres respondem pelo crime de corrupção passiva e tiveram a prisão decretada pela Justiça

AE |

selo

Três agentes penitenciárias acusadas de permitir a entrada de telefones celulares na penitenciária de Assis (SP) foram presas nesta quarta-feira durante operação do Ministério Público Estadual (MPE) de combate ao crime organizado na região de Bauru.

Iolanda Aparecida da Silva, Helenice Maria de Mendonça e Liria Moret Cardoso respondem pelo crime de corrupção passiva e tiveram a prisão decretada pela Justiça.

A investigação, iniciada em maio, apontou que elas recebiam dinheiro para permitir que visitantes ingressassem na penitenciária com telefones celulares que seriam entregues aos presos.

A investigação teve apoio da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária e resultou na decretação da prisão preventiva das três acusadas, segundo a Promotoria.

    Leia tudo sobre: agentespresaspenitenciárias

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG