Aeroporto de Congonhas opera com mais quatro aparelhos de raio X

Objetivo é desafogar as filas no primeiro andar do terminal. No check-in, passageiros serão avisados sobre a nova área de embarque

iG São Paulo |

O Aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo, opera a partir desta segunda-feira com quatro novos aparelhos de raio X para inspeção de passageiros em uma segunda sala de embarque no piso térreo do saguão . Segundo a Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), não houve mudança na tecnologia dos aparatos - todos no aeroporto funcionam com a mesma sensibilidade.

AE
Novos pórticos para inspeção localizados no piso térreo de Congonhas
Atualmente, Congonhas tem 10 equipamentos. O objetivo é desafogar as filas no primeiro andar do terminal. O novo espaço terá quatro guichês para inspeção de bagagem com utilização de raios X. A Infraero vai orientar os passageiros que embarcarão em voos dos portões 1 a 12 a usarem o acesso do primeiro andar.

O térreo será destinado a quem vai entrar nos portões 13 a 22. No momento do check-in, os passageiros serão avisados sobre a nova área de embarque. Mas ficará a critério deles escolher o acesso, porque a antiga sala continuará atendendo a todos os portões.

Antes da inauguração, todos os embarques eram feitos no mesmo local, que tem só seis aparelhos de raio X. De acordo com a assessoria da Infraero, 1,6 mil pessoas passam pelas máquinas a cada hora.

*com AE

    Leia tudo sobre: raio xcongonhasaeroportossão pauloinfraero

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG