Advogada é achada morta ao lado da filha em São Paulo

O corpo de Andrea Susan Cabrera Barcos foi encontrado em casa, ao lado da filha, de 4 anos, pelo seu ex-namorado, na zona norte

iG São Paulo |

A advogada Andrea Susan Cabrera Barcos, de 31 anos, foi encontrada morta dentro do seu apartamento, ao lado da filha, de 4 anos, na noite do último sábado (8). O ex-namorado dela, um bancário de 31 anos, resolveu ir ao apartamento depois de ligar diversas vezes para Andrea e não ter retorno.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado do 9° Distrito Policial (Carandiru), policiais militares faziam patrulhamento na região quando foram chamados para atender uma ocorrência de encontro de cadáver por volta das 19h na rua Lagoa Panema, bairro Vila Guilherme, zona norte da capital. No local, uma viatura do resgate já havia constatado a morte da advogada.

O corpo de Andrea estava na cama com a clavícula direita fraturada e lesões no braço esquerdo. Não havia sinais de luta no apartamento. A delegada que atendeu o caso, Maria Cerqueira Correa da Silva, esteve no local, onde foi informada de que o namorado da advogada teria encontrado o corpo e chamado o resgate.

Ele contou que estava no apartamento no dia anterior e que tentou ligar para Andrea no próprio sábado, mas ela não atendeu. Preocupado, ele foi até o local mas ninguém atendeu a campainha. Acompanhado pelo sindico, o bancário subiu pela escada até a janela do apartamento e cortou a tela para entrar no quarto, onde encontrou o corpo da vítima ao lado da filha deles.

A menina contou à polícia que foi dormir na sexta-feira (7) e quando acordou no dia seguinte viu que a mãe estava com os olhos e a boca abertos e não respondia aos seus chamados. O caso foi registrado como morte suspeita e é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

    Leia tudo sobre: morteadvogadasão pauloAndrea Susan Cabrera Barcos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG