Adutora estoura e afeta abastecimento na Grande São Paulo

Reparos foram iniciados às 7h e a previsão é de que o problema seja resolvido ainda hoje. Ao todo, seis residências foram atingida

iG São Paulo |

Diversos bairros das cidades de Caieiras, Francisco Morato e Franco da Rocha, região noroeste da Grande São Paulo, estão sem água desde a noite de quarta-feira (20), em razão do estouro de uma adutora, no Jardim Caieiras, em Caieiras. 

Com o rompimento da tubulação, de 60 centímetros de diâmetro, considerada de médio porte pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), pelo menos seis residências em Caieiras foram invadidas pela água, pois ficam em nível abaixo da rua, em um trecho de aclive. A água, misturada com lama, inundou os imóveis. 

AE
Moradora limpa casa que foi invadida por água e lama após estouro de adutora em Caieiras, na Grande São Paulo
Dois muros caíram e a edícula de uma das residências também foi comprometida, segundo os moradores. A Sabesp informou que apenas uma das famílias afetadas teve que ser acomodada pela empresa em um hotel pois não tinha como se deslocar para casas de parentes ou amigos. Técnicos da Sabesp estão no local. 

O ramal da tubulação afetado pelo rompimento teve a água cortada. Os reparos foram iniciados às 7h e a Sabesp informou que deve concluir até o final da tarde

Segundo a Sabesp, essa tubulação não atende Caieiras e leva água diretamente para Franco da Rocha e Francisco Morato, porém os moradores da rua afirmam que, com o fechamento do registro que libera a água do encanamento rompido, as casas ao lado ficaram sem água também.

De acordo com a Sabesp, um hotel foi oferecido para as famílias. A companhia disse ainda que irá indenizar as vítimas. As causa do vazamento serão investigadas.
*com AE

AE
Diversos bairros das cidades de Caieiras, Francisco Morato e Franco da Rocha estão sem água

    Leia tudo sobre: águasabespfornecimento de água

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG