Adolescente de 14 anos compra bebida de menina de 13 e sai dirigindo

Garoto foi abordado por policiais em Presidente Prudente; ele contou que comprou as cervejas para o pai, dono da moto que dirigia

iG São Paulo |

Um adolescente de 14 anos foi abordado por policiais militares dirigindo uma motocicleta e com duas garrafas de cerveja no porta-capacetes, em uma rua de Presidente Prudente, a 558 quilômetros da cidade de São Paulo, na noite de terça-feira (20). Ele afirmou que estava voltando de um bar, onde comprou as bebidas, a pedido do pai dele, dono da moto.

Questionado, o garoto disse aos policiais que uma balconista de 13 anos tinha lhe vendido as bebidas. Ela é filha da proprietária do local. A mulher negou que ela ou sua filha tivessem vendido bebidas para o adolescente.

Maioridade penal: Projeto para reduzir maioridade pede presídio exclusivo para jovem de 16 a 18

O caso foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de Presidente Prudente, onde a delegada titular, Adriana Maria Pelegrini, decidiu fazer um Termo Circunstanciado (TC), no qual o pai do adolescente e a dona do bar constam como autores. O TC será enviado para o Juizado Especial Criminal - se forem considerados culpados, os dois poderão ser condenados a prestar serviços comunitários e/ou pagarem cestas básicas.

A delegada explica que permitir a direção de veículo automotor à pessoa não autorizada e vender bebida alcoólica a menor são crimes de menor potencial ofensivo, que constam na Lei de Contravenções Penais e no Código de Trânsito.

O adolescente foi entregue à sua mãe, que assinou termo comprometendo-se a apresentá-lo no fórum.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG