Acusados de agressão em boate são condenados a 8 anos de prisão

Metalúrgico foi agredido com socos e pontápes em frente a boate de Sorocaba (SP) e teve traumatismo craniano, em junho de 2008

iG São Paulo |

Talisson Augusto Cleis, Denys Adriano Correa e Willy Ravi Athayde foram condenados a 8 anos de prisão, pela Vara do Júri de Sorocaba, por tentativa de homicídio contra o metalúrgico Fabiano Dias Rodrigues. O crime aconteceu em 1º de junho de 2008 na porta de uma boate, no centro da cidade. A ação foi filmada pelas câmaras de segurança de um estabelecimento comercial vizinho.

Inicialmente eram oito os acusados, mas dois eram menores e foram encaminhados para a Vara da Infância e da Juventude e outros três tiveram suas acusações reclassificadas para lesão corporal gravíssima e o processo contra eles está em andamento na Vara Criminal de Sorocaba.

O juiz José Eduardo Marcondes Machado, que presidiu a sessão, exibiu logo no início imagens das câmeras de segurança da boate, que mostram o metalúrgico sendo agredido. Rodrigues recebeu vários chutes na cabeça e, mesmo desacordado no chão, continuou sendo espancado.

Segundo o TJ, os próprios acusados se reconheceram nas imagens, o que faz disso a prova mais forte do julgamento. Desta forma, três testemunhas de defesa e uma de acusação - que era a mãe de Rodrigues - foram dispensadas de serem ouvidas.

Rodrigues ainda hoje sofre as consequências da agressão, que lhe causaram um traumatismo craniano. Ele já passou por cirurgias e tem dificuldades para falar e se movimentar.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: agressãometalúrgicosorocaba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG