Acusado de matar empresário irá a júri popular em SP

Dácio Múcio de Souza Júnior, de 29 anos, foi esfaqueado em dezembro de 2009, em uma padaria de área nobre de SP

AE |

selo

Eduardo Soares Pompeu, acusado da morte do empresário Dácio Múcio de Souza Júnior, de 29 anos, em uma padaria em Higienópolis, em São Paulo, será levado a júri popular. A decisão foi dada na quarta-feira pelo juiz Paulo César Batista dos Santos, do 1º Tribunal do Júri de São Paulo.

Pompeu irá a júri popular pela prática de homicídio simples. O crime ocorreu após uma discussão em 27 de dezembro de 2009.

Souza Júnior foi à padaria com a irmã Nathália Curti de Souza, 20 anos. De acordo com Nathália, seu irmão discutiu com o segurança, que teria ofendido verbalmente a jovem uma semana antes. Avisada sobre o segurança ter uma faca sob a camisa, Nathália foi buscar o carro. Ao voltar, encontrou o irmão esfaqueado no abdome. Levado para o Hospital Samaritano, vizinho à padaria, ele não resistiu aos ferimentos.

    Leia tudo sobre: morteempresáriojúri popularcrime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG