Acusado de agredir esposa troca tiros com PM em São Paulo

Na terça-feira, homem havia abandonado os dois filhos em uma bases da PM. Nesta quarta, ele brigou com a mulher

AE |

selo

O homem que ontem deixou os dois filhos em bases da Polícia Militar (PM) em São Paulo e não retornou para buscá-los, Wellington Luiz Pereira da Silva, trocou tiros com um policial na manhã desta quarta-feira em Praia Grande, na Baixada Santista, quando o sargento da PM interveio em uma briga de Silva com a esposa.

O sargento lotado no 41º Batalhão da PM na capital estava saindo para trabalhar, por volta das 6 horas da manhã, quando foi solicitado por populares para socorrer uma mulher que estava sendo ameaçada por um homem armado com revólver.

Com a chegada do PM ao local, no bairro do Boqueirão, Silva descontrolou-se e atirou contra o policial, que revidou. Silva foi atingido, desarmado e socorrido ao Pronto Socorro de Praia Grande, onde foi atendido com ferimentos leves e dispensado em seguida. O policial não foi atingido.

O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher de Praia Grande. Ontem, Silva deixou a esposa trancada em sua casa, em Praia Grande, e saiu de carro levando os dois filhos de 7 e 11 anos. Ele deixou as crianças em duas bases comunitárias da PM, na zona Sul de São Paulo, e acabou sendo internado na ala de psiquiatria de um hospital da capital paulista.

    Leia tudo sobre: praia grandefilhosabandono

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG