Nova velocidade máxima das marginais começa a vigorar nesta segunda-feira

Limite de velocidade das Marginais Tietê e Pinheiros passa a ser de 50 km/h nas pistas locais e de 70 km/h nas pistas expressas

Começa a vigorar nesta segunda-feira (20) o novo limite de velocidade para veículos nas Marginais Tietê e Pinheiros. A partir de agora, a máxima permitida será de 50 km/h nas pistas locais e de 60 km/h nas pistas expressas – uma redução de cerca de 15%. 

Foto: José Luis da Conceição/GOVESP
Imagem da região do Brooklin na Marginal Pinheiros: redução de cerca de 15% na velocidade






De acordo com a Prefeitura de São Paulo, o motivo para a redução é diminuir o número de fatalidades em acidentes de trânsito – já que quanto mais rápido o veículo, maior probabilidade de matar em caso de choque. 

Leia mais:
Marginais Tietê e Pinheiros terão velocidade máxima reduzida

A redução também segue uma tendência cada vez mais disseminada em países europeus como Áustria, Bélgica, França, Alemanha, Espanha, Noruega e Portugal. A Prefeitura usa de exemplo o caso da Dinamarca, que, ao diminuir a velocidade máxima de trechos de rodovias de 60km/h para 50 km/h conseguiu diminuir em 24% os acidentes com mortes. 

Na última semana, letreiros instalados nas marginais e em seus entornos já alertavam para a mudança desta segunda-feira. Neles, foram também inseridos números de fatalidades ocorridos em suas pistas nos últimos anos.

Somente em 2014, de acordo com o governo municipal, houve 1.180 acidentes com vítimas nas marginais, com um saldo de 73 mortos e 1.399 feridos. Só na Marginal Tierê foram 40 mortos, sendo 54 atropelamentos que mataram 15.

Na Pinheiros, foram no total 580 acidentes, que deixaram 33 mortos. Destes, 10 foram por atropelamento. 

"Esta é uma campanha que tem de ser da cidade. Estamos falando de vidas. A velocidade do veículo tem de ser segura", justificou o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, na apresentação da nova norma, na semana passada.

Leia também:
Vias da região central terão velocidade máxima reduzida para 40 km/h
No Brasil, crianças morrem mais no trânsito do que por doenças, diz pesquisa
Pedestre é principal vítima do trânsito em SP; em 2014, 178 morreram até abril

“Acidente é uma coisa que você tem a questão do imponderável: você melhora um ambiente, reduz os acidentes e, com isso, pode reduzir a gravidade disso. Nenhum acidente é razoável”, completou o diretor de Planejamento e Educação no Trânsito da CET, Tadeu Leite Duarte.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os acidentes de trânsito podem acabar se tornando a quinta maior causa de mortes no mundo em 2030. De acordo com um estudo da WRI Brasil-EMBARQ Brasil, o risco de morte é de mais de 80% quando alguém é atropelado por um veículo a 60 km/h. No entanto, se o mesmo carro estiver a 50 km/h, as chances caem para menos de 50%.  

Link deste artigo: https://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/2015-07-20/nova-velocidade-maxima-das-marginais-comeca-a-vigorar-nesta-segunda-feira.html