Servidores públicos em greve realizam novo protesto em São Bernardo do Campo

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Grupo está em greve há 13 dias e reivindica reposição salarial das perdas inflacionárias de março de 2014 a fevereiro de 2015

Agência Brasil

Um grupo de servidores municipais em greve faz uma manifestação na cidade de São Bernardo do Campo, na grande São Paulo, desde as 6h desta segunda-feira (25).

Grupo de servidores públicos realizam passeata no centro de SBC (22/05)
Reprodução/Twitter
Grupo de servidores públicos realizam passeata no centro de SBC (22/05)

Dia 22: Servidores públicos de São Bernardo do Campo fazem nova paralisação

Eles bloquearam a Avenida Lucas Nogueira Garcez e concentram-se agora próximo ao viaduto Kenzo Uemura, na entrada na Rodovia Anchieta. Representantes sindicais calculam que 3 mil pessoas participam da manifestação. A Polícia Militar não fez o cálculo de quantos manifestantes estão presentes.

Os servidores estão em greve há 13 dias e reivindicam reposição salarial das perdas inflacionárias de março de 2014 a fevereiro de 2015, além de aumento real de 4,5%, vale-refeição de R$ 22,97 ao dia, vale-transporte, entre outros benefícios.

No domingo (24) houve uma rodada de negociações entre a prefeitura e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Autárquicos de São Bernardo do Campo.

“O governo ofereceu a mesma proposta de 2,5% retroativo a março e 5% somente em dezembro, ou seja, teríamos três meses apenas de reposição das perdas inflacionárias”, disse o presidente do sindicato Giovani Chagas.

Em assembleia, os servidores rejeitaram a proposta e decidiram manter a greve.

Giovani diz que a cidade tem 12 mil servidores, sendo que 60% deles estão parados. A greve atinge diversas áreas da administração pública, como guardas municipais, professores, agentes de serviços urbanos, enfermeiros, funcionários da zoonoses, agente de trânsito e profissionais das áreas administrativas.

A Agência Brasil tentou contato com a assessoria de imprensa da prefeitura de São Bernardo do Campo, mas não obteve resposta.

Leia tudo sobre: sbcigspsao paulosao bernardo do campogreve

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas