Mais de uma tonelada de maconha é apreendida em veículo roubado em SP

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Cinco pessoas suspeitas de participação no tráfico das drogas foram presas; apreensão ocorreu na cidade de José Bonifácio

A Polícia Militar apreendeu mais de uma tonelada (1.200 quilos, no total) de maconha em uma ação realizada no município de José Bonifácio, localizado a 496 km da capital paulista, na madrugada desta segunda-feira (13).

Policiais em meio aos 1.500 tabletes descobertos em município no interior paulista, nesta segunda
SSP-SP/Divulgação
Policiais em meio aos 1.500 tabletes descobertos em município no interior paulista, nesta segunda

A Secretária de Segurança Pública do Estado afirma que a droga foi encontrada separada 1.500 tabletes dentro de uma caminhonete roubada com placa de Pontal, também no interior do Estado. 

Leia também:
67,7% dos presos por tráfico de maconha tinham menos de 100 gramas da droga
Por legalização, empresária cria páginas com fotos de mulheres fumando maconha

O transporte da maconha foi comunicado à corporação por meio de denúncia anônima, segundo a qual as peças seriam armazenadas em um barracão no município. Ao chegarem ao local, os homens da PM, encontraram a droga ainda na caminhonete.

Em teoria, no Brasil usuários de maconha e outras drogas não podem ser presos; no entanto, devido à lei depender de subjetivismos, quem usa a erva ainda é passível de ir à cadeia. Foto: Getty ImagesSegundo levantamento do Instituto Sou da Paz, 67,7% dos presos por tráfico de maconha portavam menos de 100 gramas da droga - ou seja, ou eram usuários ou microtraficantes. Foto: DivulgaçãoAno a ano, diversas cidades brasileiras registram milhares nas ruas pedindo a liberação da droga. Foto: Futura PressPaís que era conhecido como dos mais restritos em relação à droga, os EUA têm visto nos últimos anos vários estados liberando a maconha medicinal (na foto, prescrição da erva). Foto: DivulgaçãoAlém disso, dois estados, Washington e Colorado, já liberaram o uso recreativo da maconha para seus cidadãos, o que dá força ao debate. Foto: Getty ImagesA discussão ganhou força no Brasil neste ano devido à necessidade de famílias de importarem o óleo de maconha - o canabidiol - para tratamento de doenças. Foto: APAssim como ocorre no Brasil, em países como os EUA são denunciadas prisões por porte de drogas que acabam encarcerando principalmente negros e pobres. Foto: Getty ImagesApesar de políticas liberalizantes à droga em alguns países, a guerra contra a maconha continua forte no mundo. Foto: Getty ImagesPara especialistas, é improvável que a maconha venha a ser realmente legalizada em um futuro próximo no Brasil. Foto: APPara o Instituto Sou da Paz, é necessária a aplicação de penas alternativas para impedir que microtraficantes e usuários venham a se tornar criminosos nas cadeias. Foto: Getty ImagesAssim, experiências como os coffee shops de Amsterdã, na Holanda, estão distantes da realidade nacional. Foto: Getty ImagesOutros países, como a Espanha, também têm experiências semelhantes, como a da foto (Barcelona). Foto: Getty ImagesVizinho do Brasil, o Uruguai foi o primeiro país a legalizar e a estatizar a produção da droga no mundo, no ano passado. Foto: ReutersPor enquanto, no Brasil, debates importantes, como os realizados no Senado, tentam encontrar soluções para a questão da droga. Foto: Futura Press

Cinco pessoas foram detidas: um adolescente de 17 anos e um homem de 31 que acompanhavam a caminhonete; o proprietário do barracão; e dois suspeitos que estavam dentro dele no momento da ação. 


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas