Liminar que suspendeu obras de ciclovias em SP é derrubada pela Justiça

Por iG São Paulo * | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Decisão foi celebrada pela prefeitura no dia em que centenas de cicloativistas ocuparam a Av. Paulista em prol das ciclovias

No mesmo dia em que centenas de cicloativistas ocuparam a Avenida Paulista em defesa das ciclovias, o Tribunal de Justiça de São Paulo derrubou a liminar que suspendia obras para implementação de novos trechos para o uso de bicicletas, na noite desta sexta-feira (27).

Veja fotos do protesto desta sexta-feira (27) em defesa das ciclovias:

Manifestantes se fantasia do personagem Capitão Paulista em ato em prol das ciclovias, nesta sexta-feira (27), em São Paulo. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloProtesto contou com entre 350 e mil manifestantes, segundo dados da PM e da CET. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloAto foi convocado após liminar da Justiça ter paralisado obras de ciclovias por suposta falta de planejamento. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloA psicóloga e hoje cicloativista Cristina D'Alberta, 57 anos: "Tira a bunda do carro e vem para a ciclovia!". Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes mostram cartazes no protesto da noite desta sexta-feira (27) em prol das ciclovias. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes mostram cartazes no protesto da noite desta sexta-feira (27) em prol das ciclovias. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloA fotógrafa Rachel Schein, 41 anos: "Ciclistas sabem a dificuldade que é pedalar em uma via compartilhada". Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes mostram cartazes no protesto da noite desta sexta-feira (27) em prol das ciclovias. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes mostram cartazes no protesto da noite desta sexta-feira (27) em prol das ciclovias. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestante exibe o plano de mobilidade do prefeito Haddad para a capital paulista: meta de 800 km de ciclovias. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes mostram cartazes no protesto da noite desta sexta-feira (27) em prol das ciclovias. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes mostram cartazes no protesto da noite desta sexta-feira (27) em prol das ciclovias. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes mostram cartazes no protesto da noite desta sexta-feira (27) em prol das ciclovias. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes mostram cartazes no protesto da noite desta sexta-feira (27) em prol das ciclovias. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes mostram cartazes no protesto da noite desta sexta-feira (27) em prol das ciclovias. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloCicloativista no ato desta sexta-feita (27). Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes bloquearam pistas da Avenida Paulista, impedindo que carros avançassem; pedestres aplaudiram cicloativistas. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes bloquearam pistas da Avenida Paulista, impedindo que carros avançassem; pedestres aplaudiram cicloativistas. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes bloquearam pistas da Avenida Paulista, impedindo que carros avançassem; pedestres aplaudiram cicloativistas. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes bloquearam pistas da Avenida Paulista, impedindo que carros avançassem; pedestres aplaudiram cicloativistas. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloPoliciais militares no protesto que questiona liminar da Justiça. Foto: Milena Carvalho/iG São PauloManifestantes bloquearam pistas da Avenida Paulista, impedindo que carros avançassem; pedestres aplaudiram cicloativistas. Foto: Leonardo Benassatto/Futura Press

A decisão judicial foi comemorada pela prefeitura paulistana, que tem entre suas maiores bandeiras a implementação de 800 quilômetros de ciclovias em toda a cidade – até o momento, pouco mais de 230 km foram implantados.

Leia mais:
Ministério Público pede suspensão de ciclovia da Avenida Paulista
Cicloativistas chamam de retrocesso paralisação de obras de ciclovias em SP

As obras, no entanto, estavam paralisadas desde a semana passada, após a Justiça acatar um pedido do Ministério Público no qual a instituição questionava o planejamento e estudo para a implementação das ciclovias por parte da prefeitura.

Manifestantes em protesto na Avenida Paulista, nesta sexta-feira: decisão transformou ato em festa
Milena Carvalho/iG São Paulo
Manifestantes em protesto na Avenida Paulista, nesta sexta-feira: decisão transformou ato em festa

Como consequência disso, o prefeito Fernando Haddad entrou na Justiça nesta semana pedindo a suspensão da liminar. Os magistrados acataram o pedido, alegando que "a paralisação parcial das implantações reduz a capacidade do município de interferir no tráfego urbano, causa pesado impacto na comunicação entre as vias e potencializa o risco de acidentes".

“O fundamento da decisão – falta de prévio estudo de impacto viário – não é o bastante, pelo menos, sem prévia oitiva do município, para se determinar a suspensão das obras”, disse o juiz responsável pela suspensão da liminar. 

Leia também:
Cicloativistas bloqueiam Avenida Paulista em ato em defesa das ciclofaixas
Ciclistas protestam pelo Brasil e no exterior em apoio às ciclovias de São Paulo

Na Avenida Paulista, os cerca de 350 ativistas presentes – de acordo com a Polícia Militar; mil, segundo a CET – comemoraram a decisão com um bem-humorado grito de guerra: "Ô, promotora, vem pedalar! Pega uma bike que caiu a liminar!" Subitamente, a manifestação, que tinha o objetivo de protestar, se tornou uma grande festa.

Além de São Paulo, os atos em prol das ciclofaixas foram realizados em outros 14 Estados brasileiros. Batizados de "Bicicletada Mundial", eles também ocorreram em países como Alemanha, Argentina, EUA, Inglaterra e Espanha.

* Com Ocimara Balmant

Leia tudo sobre: cicloativistascicloviatj-spjustiçaciclofaixafernando haddadmobilidade

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas