Via Anchieta é liberada após último protesto do MTST nesta quarta-feira

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Movimentos sociais protestaram na via pela terceira fase do Minha Casa Minha Vida, prometido pelo governo desde 2014

Jornada do MTST é resposta também ao golpismo e ao avanço da direita
Reprodução/Facebook MST
Jornada do MTST é resposta também ao golpismo e ao avanço da direita


A pista de subida da via Anchieta foi bloqueada no fim da tarde desta quarta-feira (18) devido a uma manifestação do MTST no km 23, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

Os motoristas que seguiam pela via no sentido São Paulo precisaram utilizar a interligação e prosseguir viagem pela Imigrantes.

O tráfego de veículos já foi liberado no local, que no momento tem lentidão do km 27 ao km 23.

No sentido litoral, a Anchieta tem trânsito lento do km 15 ao km 23, do km 39 ao km 42 e, na chegada a Santos, o tráfego está congestionado do km 59 ao km 65.

As outras rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes têm tráfego estável. Para a descida, as opções são as pistas sul das rodovias Anchieta e Imigrantes. A subida é feita pelas pistas norte das duas rodovias.

Leia mais:

"Anúncio não constrói casa. É preciso liberar dinheiro", afirma MTST

Protesto anti-Dilma leva centenas de milhares à Avenida Paulista

As manifestações do MTST que aconteceram durante todo o dia em vários lugares do país pediam o início da terceira fase do Minha Casa Minha Vida e marcaram oposição ao avanço do discurso de direita, simbolizado pelo protesto do último domingo (15).

"O ajuste fiscal está sendo feito de maneira desastrada e já ceifou verbas para a moradia", afirmou Guilherme Boulos, líder do MTST, em coletiva nesta quarta-feira (18), se referindo ao corte do programa Minha Casa Melhor e ao atraso da terceira fase do Minha Casa Minha Vida.

Boulos disse também que o MTST "não vai assistir calado à defesa da intolerância” e que as manifestações podem voltar a acontecer.

Veja fotos dos protestos:

Manifestantes do MTST bloqueiam pista local da marginal Tietê, em São Paulo, na manhã desta quarta (18) em Dia Nacional de Luta. Foto: Reprodução/Facebook MTSTEstrada de Itapecerica foi bloqueada nos dois sentidos por protesto do MTST na manhã desta quarta (18). Foto: Ana Flávia Oliveira/iG São PauloProtesto do MTST na manhã desta quarta-feira (18) na Avenida Guarapiranga, sentido centro, zona sul de São Paulo . Foto: Luiz Claudio Barbosa/Futura PressNa zona sul de São Paulo, cerca de 1.500 manifestantes partiram da avenida Guarapiranga e seguem para a marginal Pinheiros. Foto: Reprodução/Facebook MTSTProtesto do MTST na manhã desta quarta-feira (18) na marginal Pinheiros, zona sul de São Paulo . Foto: Reprodução/Facebook MTST"Pisa ligeiro, pisa ligeiro. Quem não pode com a formiga, não atiça o formigueiro", cantam manifestantes na avenida João Dias, zona sul de SP. Foto: Ana Flávia Oliveira/iG São PauloEm Fortaleza (CE), manifestantes bloquearam a BR-116 em caminhada até o Palácio da Abolição. Foto: Reprodução/Facebook MTSTProtesto do MTST bloqueia, em Minas Gerais,a MG-010, que dá acesso ao aeroporto de Confins. Foto: Reprodução/Facebook MTSTEm São Paulo, manifestantes do MTST fecham a rodovia Raposo Tavares nos dois sentidos no km 21. Foto: Reprodução/TV GloboÀs 8h50 desta quarta-feira (18), manifestantes do MTST se reuniam em frente ao terminal João Dias (na zona sul) para protesto por moradia. Foto: Ana Flávia Oliveira/iG São PauloMTST bloqueia acesso à ponte Rio-Niterói na manhã desta quarta-feira. Foto: Reprodução/@vitorledertheilEm Minas Gerais, protesto do MTST fecha a BR-040, em Contagem, perto da Ceasa. Foto: O TEMPO


Leia tudo sobre: MTSTsão pauloig spmanifestaçãoanchieta

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas