Um rapaz de 18 anos e dois adolescente de 17 anos já tinha sido presos; um menor confessou que atirou contra a vítima

A Polícia Civil prendeu na tarde desta segunda-feira (16) o quarto suspeito de assassinato do vereador de Santo André, Cosmo Rodrigues Cardoso, de 46 anos. O vereador, conhecido como Cosmo do Gás, foi assassinado no último dia 9, quando três homens armados invadiram a casa onde ele morava. O caso foi registrado como latrocínio e investigado pelo 6º DP de Santo André. 

Leia mais:  Vereador de Santo André, na Grande São Paulo, é assassinado

Cosmo do Gás foi morto a tiros em sua casa (09.03.15)
Divulgação/Câmara de Santo André
Cosmo do Gás foi morto a tiros em sua casa (09.03.15)

Segundo a polícia, um homem de 19 anos se entregou nesta segunda-feira e confessou o crime. A polícia já havia prendido um rapaz de 18 anos no último dia 11. Nos dois dias seguintes, foram apreendidos mais dois adolescentes suspeitos de participarem do crime - um deles confessou que atirou na vítima. 

Ainda de acordo com a polícia, o vereador foi vítima de latrocínio (assalto seguido de morte). Três homens invadiram a casa onde ele morava e renderam a esposa e os seus três filhos. Os suspeitos queriam dinheiro. Cosmo foi agredido com coronhadas antes de ser baleado nas costas. 

Os bandidos fugiram levando três relógios e o celular da filha da vítima. O vereador chegou a ser socorrido por vizinhos, mas não resistiu. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.