Uma das principais vias da zona leste, Avenida Aricanduva teve trecho completamente interditado na tarde desta sexta-feira

Depois de dias praticamente secos, a capital paulista voltou a enfrentar uma tarde de temporais, na tarde desta sexta-feira (6). E, a exemplo das situações anteriores, mais uma vez as chuvas que atingiram a cidade causaram alagamentos, fecharam avenidas e levaram transtornos ao transporte público paulistano.

Imagem de trecho da Avenida Aricanduva, na zona leste: região vive com cheias frequentes
Futura Press
Imagem de trecho da Avenida Aricanduva, na zona leste: região vive com cheias frequentes

Uma das principais vias da zona leste de São Paulo, a Avenida Aricanduva ficou completamente debaixo d´água em diversos trechos dos bairros da Vila Formosa e de Itaquera. Em muitos deles ela ficou intransitável, com a água passando de meio metro de altura. Motoristas e pedestres ficaram ilhados.

Leia também:
Homem morre eletrocutado em temporal em SP; estações de trem são fechadas
Chuvas causam alagamentos e fecham aeroporto em São Paulo
Queda de barreira e alagamento fecham rodovias que levam ao litoral de SP

Ao menos seis pontos da Mooca, também na zona leste, tiveram registro de enchentes: nas avenidas Salim Farah Maluf e Alcântara Machado e nas ruas Arnaldo Cintra, do Glicério e Visconde de Parnaíba. 

Temporada de chuvas castiga capital, interior e litoral de São Paulo; veja:

Como sempre ocorre em temporais semelhantes, o túnel Papa João Paulo II, que passa no Vale do Anhangabaú sentido norte-sul, precisou limitar o acesso de veículos devido à alta das águas. A pista expressa da Marginal Tietê, próxima à Cruzeiro do Sul, também enfrentou cheias, bem como o bairro de Santana, na zona norte, nas avenidas Morvan Dias Figueiredo e Olavo Fontoura.

As chuvas também afetaram todas as linhas do metrô, à exceção da Amarela, levando os trens a circularem em velocidade reduzida. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.