Vítima e suspeito de roubo morrem em perseguição com a Rota no Butantã, em SP

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Um policial e outra vítima ficaram feridas e foram levadas ao hospital; suspeitos estavam em carro roubado

Duas pessoas morreram durante perseguição na região do Butantã, na zona oeste de São Paulo, envolvendo a Rota, tropa de elite da Polícia Militar, na tarde desta sexta-feira (27). Um dos mortos é suspeito de roupo e o outro é uma vítima. Um homem e um policial ficaram feridos e não correm riscos. 

Bandidos tentaram roubar Jaguar para fugir e atiraram contra motorista (27.02.15)
Flávia Silva/Futura Press
Bandidos tentaram roubar Jaguar para fugir e atiraram contra motorista (27.02.15)

Segundo informações preliminares da Secretaria de Segurança Pública, a perseguição começou por volta das 13h, na Marginal Pinheiros, quando policiais da Rota desconfiaram de um Hyndai i30 roubado. Os ocupantes não obedeceram a ordem de parada e atiraram contra os policiais. Os disparos acertaram o vidro da viatura e os estilhaços feriram sem gravidade o rosto de um policial. 

Leia também: Dois suspeitos morrem em troca de tiros com policiais da Rota na zona sul de SP

A perseguição continuou pelas ruas Agostinho Cantu e Engenheiro Oscar Americano. Os suspeitos conseguiram abandonar o carro em que estavam e para continuar a fuga, tentaram roubar um Jaguar e um Corsa. Os donos dos veículos foram baleados pelos bandidos. O proprietário do Jaguar foi atingido e socorrido, mas não corre risco de  morrer. 

Os policiais balearam um dos bandidos, que morreu no hospital. Os outros suspeitos estão sendo procurados. O caso será investigado pelo 34º DP - Vila Sônia. 

Leia tudo sobre: IGSP]PerseguiçãoRotaPOlicia Militar

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas