Corpo de fundador da Igreja Deus é Amor é transportado em carro de bombeiros

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Enterro será na tarde desta terça-feira (24) no cemitério Jardim do Horto, na zona norte de São Paulo

O corpo do pastor David Miranda, líder e fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor, deixa o templo na Baixada do Glicério
Fernando Zamora/Futura Press
O corpo do pastor David Miranda, líder e fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor, deixa o templo na Baixada do Glicério

Após dois dias de velório, o corpo do pastor David Miranda deixou, no início da tarde desta terça-feira (24), a sede da Igreja Pentecostal Deus é Amor, no Glicério, região central de São Paulo, em um carro aberto do Corpo de Bombeiros.  Ele será enterrado na tarde de hoje no cemitério Jardim do Horto, na zona norte da capital.

O capitão Marcos Palumbo, porta-voz do Corpo de Bombeiros, disse ao iG que o transporte do corpo de Miranda em um carro da corporação foi uma "homenagem póstuma a uma personalidade". 

Leia também: Fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor é velado em São Paulo

Morre David Miranda, fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor, em SP

"Nós utilizamos uma viatura que não está em uso e dois bombeiros que não estão em atendimento operacional", explicou. Palumbo acrescentou que todos os pedidos de transporte de corpo são analisados pelo comondo da corporação, Secretaria de Segurança Pública e Governo do Estado. 

" Fazemos essa homenagem sem prejudicar o atendimento a população. Por isso, fazemos essa avaliação de local e horário antes de autorizar o transporte. Esse pedido foi definido como justo", finalizou o capitão. 

Velório

O velório, que foi acompanhado por centenas de pessoas, foi iniciado no domingo (22) e só terminou por volta das 12h de hoje. 

Miranda morreu na noite do último sábado (21), aos 78 anos, após um infarto.  Ele era casado com Ereni Miranda, e pai de quatro filhos.

A igreja foi fundada em 1962 por Miranda. Atualmente, a instituição tem cerca de 22 mil templos espalhadas no Brasil e no exterior. Entre eles, está o Templo da Glória de Deus, um dos maiores do país, com capacidade para 60 mil pessoas.

“Os dias dele foram, especialmente, para adorar e buscar a Deus, ganhando almas ao Seu Reino. De fato, ele deixa vários exemplos: de pai, de esposo, de avô, de amigo etc. Soube ouvir, falar, aconselhar, pregar e conquistar”, diz nota divulgada pela IPDA.

O corpo do pastor David Miranda, líder e fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor, deixa o templo na Baixada do Glicério. Foto:  Fernando Zamora/Futura PressCorpo de fundador de igreja Deus é Amor é transportado em carro dos Bombeiros. Foto: Fernando Zamora/Futura PressEle será enterrado no cemitério Jardim do Horto, na zona norte de SP. Foto: Fernando Zamora/Futura PressMilhares de pessoas acompanharam o velório, que durou dois dias. Foto: Fernando Zamora/Futura PressDavid Miranda, fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor, morreu de infarto . Foto: Reprodução/FacebookDavid Miranda fundou a Igreja Pentecostal Deus é Amor e morreu de infarto . Foto: Reprodução/Facebook


Leia tudo sobre: IPDAIGSPDavi MirandaIgreja Pentecostal Deus é Amor

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas