Unidade de Saúde em São Paulo fica sem estoque de fraldas geriátricas

Por Anderson Passos , iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Secretaria Municipal de Saúde diz que estoques chegaram a ser repostos, mas má qualidade das fraldas exigiu nova compra

A Unidade Básica de Saúde Jardim IV Centenário, localizada na zona leste da cidade de São Paulo, ficou sem fraldas geriátricas durante e após o feriado de carnaval.

A unidade chegou a receber, na semana anterior ao carnaval - entre os dias 11 e 12 de fevereiro -, 4.110 fraldas, ou 70 % da demanda mensal. O combinado era que o restante do estoque seria entregue à medida que fossem feitos os pedidos dos usuários. Aí começou o problema.

UBS IV Centenário
iG São Paulo

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) diz que "houve falta [de fraldas geriátricas] porque quando o produto foi entregue, os técnicos reprovaram a qualidade da fralda e foi iniciada a substituição. Em razão disso, foi necessário realizar nova compra".

O problema teria ocorrido porque, durante o processo de compra da fralda de tamanho G, no final do ano passado, ficou constatado que o material vencedor da licitação não atendia as especificações do edital.  Os testes foram realizados pela Comissão de Padronização de Materiais da Secretaria Municipal de Saúde.

Assim, a fornecedora que ficou em segundo lugar na licitação entregou o produto correto. “A Prefeitura pagou RS 2,4 milhões pela aquisição de três milhões de fraldas que estão sendo entregues em toda a cidade”, esclareceu a SMS.

A Secretaria de Saúde do município completa que um cronograma foi elaborado de forma que todas as unidades sejam abastecidas a cada oito dias uteis. Assim, há entrega do produto pelo menos duas vezes por mês.

Leia tudo sobre: saúde

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas