Cantareira sobe mais uma vez e chega a 10%

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Chuvas chegaram a 266,5 milímetros em fevereiro; média para o mês é 199,1 mm; sistema está na 2ª cota de volume morto

O nível do Sistema Cantareira chegou nesta sexta (20) a 10% de sua capacidade de armazenamento. Ontem estava em 9,5% e o aumento da capacidade acontece há 15 dias, quando o reservatório estava em 5,2%.

A elevação ocorreu devido às chuvas que chegaram a 266,5 milímetros (mm) em fevereiro. A média histórica para o mês é 199,1 mm. De ontem para hoje foi registrado índice pluviométrico de 6,5 mm, de acordo com dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). O sistema opera com a utilização da segunda cota da reserva técnica.

Leia também:

Mutirão propõe salvar Sistema Cantareira com cultivo e produção de água
Arma na cabeça é normal: técnicos da Sabesp que cortam água relatam agressões

Os demais reservatórios que integram o sistema também apresentaram elevação em seus níveis. O Alto Tietê passou de 17,2 mm, ontem, para 17,8 mm hoje. A pluviometria acumulada no mês chegou a 279,2 mm e a média histórica para o período é 192 mm. No Guarapiranga, o volume armazenado está em 57,1. Ontem, era 56,8%. Até hoje choveu no reservatório 192,8 mm e a média histórica é 192,5 mm.

Com pluviometria acumulada de 137 mm em fevereiro e média histórica de 178,9, o Alto Cotia chegou a 36,6% de sua capacidade hoje. Ontem estava em 36,2%. No Sistema Rio Grande, o nível permanece estável desde ontem, operando com 83,9% da capacidade. As chuvas chegaram a 179 mm em fevereiro e a média histórica do mês é 206,1mm.

No Sistema Rio Claro choveu, em fevereiro, 238,8 mm com o nível passando de 34,8%, ontem, para 35%, hoje. Segundo a Sabesp, a média histórica para o mês no reservatório é 237,8mm.

Vaca caminha pela Represa Jacareí, no dia 29 de janeiro: normalmente ali teria água. Foto: Futura PressSituação calamitosa da Represa Jacareí, parte do Sistema Cantareira, no dia 29 de janeiro. Foto: Futura PressCarro no meio na Atibainha devido ao baixo nível da represa: cenário desolador. Foto: Futura PressPedalinhos inutilizados na Represa Atibainha, parte do Cantareira, em janeiro. Foto: Futura PressRepresa Atibainha, em janeiro de 2015. Foto: Futura PressLixo surge na Represa de Atibainha, em janeiro. Foto: Futura PressEm protesto contra a falta de água, governador Geraldo Alckmin é ironizado por manifestantes (26/01/2015). Foto: AP PhotoEm São Paulo, moradores organizaram uma passeata contra a falta de água. Foto: AP PhotoMoradores protestam contra a falta de água em São Paulo (26/01/2015). Foto: AP PhotoProtesto 'Banho Coletivo na casa do Alckmin', na manhã desta segunda-feira (23), em frente ao Palácio dos Bandeirantes. Foto: Futura PressFalta de água em São Paulo se agrava e motiva protestos . Foto: AP PhotoRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em setembro; veja mais imagens da situação dos reservatórios do Sistema Cantareira. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em foto de setembro. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em foto de setembro. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura PressSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia Stavis



Leia tudo sobre: cantareiracrise da águaseca

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas