Chuva alaga zona leste e São Miguel Paulista permanece em alerta

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo Centro de gerenciamento de Emergências, precipitações atingiram 37,1 milímetros na capital paulista

Agência Brasil

A forte chuva que atingiu a capital paulista na noite de desta segunda-feira (16) e madrugada de terça (17) causou prejuízos especialmente na zona leste da cidade. A região da Subprefeitura de São Miguel Paulista continua em alerta, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

Forte chuva causou prejuízos aos moradores da zona leste da cidade de São Paulo
Paulo Pinto/ Fotos Públicas
Forte chuva causou prejuízos aos moradores da zona leste da cidade de São Paulo

Leia mais: Com chuvas, nível do Sistema Cantareira sobe e atinge 8,3% de sua capacidade

Cantareira supera média histórica de chuvas antes do fim de fevereiro

Nessa área, um trecho alagado na Rua Ambua permanecia intransitável nesta manhã. O alagamento nessa região foi provocado pelo transbordamento do Rio Tietê. O CGE informou que em toda a cidade choveu 37,1 milímetros (mm).

O estado de atenção para enchentes foi estabelecido por volta das 18h nas zonas sul e oeste da capital. Nas regiões norte e leste, o alerta foi emitido às 20h e encerrado às 4h25 na zona leste. O sinal se mantém na região de São Miguel Paulista – a mais prejudicada.

Previsão

A previsão do CGE é que, no decorrer das próximas horas, apesar de algumas aberturas de sol, o tempo permaneça instável na região metropolitana. As áreas de instabilidade voltam a ganhar força a partir da tarde e há previsão de chuva de moderada a forte.

O CGE reforça que é preciso atenção especial nos próximos dias, pois o solo está encharcado, o que mantém alto o potencial para alagamentos, transbordamentos de rios e córregos, além de deslizamentos nas áreas de risco.

Os dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) apontam que 49 semáforos dos 6.161 cruzamentos com esse tipo de sinalização apresentaram algum problema. Cerca de 0,7% estavam em manutenção e 0,1% foi prejudicado por falta de energia elétrica.

A prefeitura informou que divulgará informações mais detalhadas sobre as consequências da chuva, como o número de árvores caídas, até o final da manhã desta terça-feira. 

Leia tudo sobre: chuvasalagamentosSão PauloSão Miguel Paulistazona leste

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas