A medida, no entanto, ainda não vale para o Metrô e trens da CPTM. o benefício precisa ser votado por deputados estaduais

A prefeitura liberou nesta segunda-feira o passe livre para estudantes das redes públicas de educação e do ciclo básico (fundamental e médio). Também serão beneficiados alunos de nível superior, por meio do Programa Universidade Para Todos (Prouni), Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ou cotas raciais ou sociais. A gratuidade nos ônibus municipais dá direito a 48 viagens por mês.

A medida, no entanto, ainda não vale para o Metrô e trens da CPTM. o benefício precisa ser votado por deputados estaduais na Assembleia antes de ser implementado.

Estudantes de escolas privadas do ciclo básico ou do ensino superior que não sejam atendidos por programas sociais do governo federal continuam com 50% de desconto na tarifa.

Veja imagens de protestos do Movimento Passe Livre:











No último dia 6 de janeiro, a tarifa dos ônibus municipais subiu de R$ 3 para R$ 3,50 para pagamento na catraca. O valor do Bilhete Único Integrado com o Metrô e os trens da CPTM agora é de R$ 5,45.

O valor foi mantido para o Bilhete Único Mensal, Semanal e Diário, ou seja R$ 140, R$ 38 e R$ 10, respectivamente. O Bilhete Único Mensal Integrado, para quem utiliza trem, metrô e ônibus também se manteve em R$ 230 mensais.

* Com Agência Brasil 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.