Adivan Lopes da Silva já cumpriu pena em presídio por porte ilegal de arma; crime ocorreu na cidade de Itaquaquecetuba

Um ex-presidiário foi executado com dez tiros em um bairro do município de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, na madrugada deste domingo (1º). Adivan Lopes da Silva, 29 anos, morreu antes da chegada do resgate.

Perícia vasculha área onde ocorreu o crime, em bairro humilde do município paulista
Nivaldo Lima/Futura Press
Perícia vasculha área onde ocorreu o crime, em bairro humilde do município paulista

Além dele, que já cumpriu pena em regime fechado por porte ilegal de arma, um outro homem que estava com ele foi baleado, com um tiro no braço. Segundo a Polícia Militar, Silva conversava com o amigo na Rua Libero Badaró, no bairro Pequeno Coração, quando dois homens se aproximaram em uma moto e abriram fogo.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Movél de Urgência (SAMU) passava pelo local e constatou a morte de Silva. O amigo foi levado ao pronto socorro do Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba e passa bem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.