Polícia prende três suspeitos de incendiarem cinco ônibus na zona sul de SP

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo a Polícia Militar, ataque aos coletivos no Grajaú foi executado por grupo que tinha ao menos dez pessoas

Criminosos promoveram os ataques com intervalo de uma hora. Um quinto ônibus foi parcialmente queimado
Futura Press
Criminosos promoveram os ataques com intervalo de uma hora. Um quinto ônibus foi parcialmente queimado

Três homens foram presos nesta quinta-feira (8) suspeitos de atearem fogo em cinco ônibus na avenida Belmira Marin, no Grajaú, zona sul de São Paulo, na noite anterior. Quatro veículos incendiados ficaram totalmente destruídos e quinto foi parcialmente queimado.

- Leia também: Quatro ônibus são incendiados na zona sul de São Paulo

Após os ataques, que segundo a Polícia Militar, foi promovido por grupo de dez pessoas, a empresa Cidade Dutra recolheu os veículos de 17 linhas e o terminal Grajaú ficou fechado. Ninguém se feriu nos ataques, mas a circulação só foi normalizada após as 4h de ontem - cerca de oito horas após os ataques.

A SPTrans, empresa que gerencia os ônibus municipais, contabiliza nove ônibus queimados em 2015.

Leia tudo sobre: IGSPÔnibusincêndio

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas