São Paulo deixa estado de atenção por causa das chuvas

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Temporal nas zonas sul, oeste e leste foi causado pelo forte calor associado à grande concentração de umidade

Nuvens carregadas são vistas da Lapa, zona oeste de São Paulo (02.02.15)
André Lucas Almeida/Futura Press
Nuvens carregadas são vistas da Lapa, zona oeste de São Paulo (02.02.15)

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura de São Paulo, retirou o alerta de estado de atenção para alagamentos em decorrencia das fortes chuvas que atingiram a cidade nesta sexta-feira (2). O alerta começou a ser acionado às 18h56 e foi retirado às 19h22.

Segundo o órgão, as zonas oeste, sul, este e região próxima à marginal Pinheiros entraram em estado de atenção às 18h56h. Vinte minutos depois, foi a vez da zona norte, do centro e da região da marginal Tietê. Às 18h35, a situação das regiões oestes, sul e marginal Pinheiros foi considerada normal e elas saíram do estado de atenção, que continua para o resto da cidade. O CGE chegou a registrar um ponto de alagamento transitável na avenida Francisco Morato, Butantã, neste começo de noite. 

O temporal foi causado pelo forte calor associado à grande concentração de umidade. Segundo o órgão, a chuva atinge com mais intensidade os bairros de Campo Limpo, Santo Amaro, Capela do Socorro e Ipiranga (zona sul), Butantã (zona oeste). Na Grande São Paulo, a chuva atinge principalmente os municípios a oeste da capital e o ABC paulista.

Segundo os meteorologistas do CGE, a tendência é de que a precipitação ganhe força em outras regiões da cidade. Há potencial para rajadas de vento e ocorrência de descargas elétricas.

O órgão registrou rajadas de ventos de até 57,4 km/h, na região do Aeroporto de Congonhas, às 18h.

Previsão do tempo

Segundo os meteorologistas do centro, as temperaturas vão ficar mais amenas no fim de semana. O sábado (3) começa abafado, com om chuvas isoladas na madrugada e termômetros em torno dos 21ºC. No decorrer do dia ocorrem períodos de melhoria e o sol aparece entre muitas nuvens com as temperaturas máximas chegando aos 29ºC. Entre a tarde e a noite as instabilidades ganham força com a propagação da frente fria pelo oceano, provocando pancadas de chuva com trovoadas, rajadas de vento e potencial para formação de alagamentos na capital paulista. 

O domingo (04) segue com tempo instável e chuvas que devem se alternar com períodos de melhoria ao longo do dia. Os termômetros devem variar entre mínimas de 20ºC e máximas que não devem superar os 26ºC. A continuidade das chuvas eleva o risco para formação de alagamentos e deslizamentos de terra.


Leia tudo sobre: IGSPchuvasestado de atenção

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas