Falta de energia dura mais de 24 horas em bairros de São Paulo

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

O Parque do Ibirapuera, na zona sul, foi totalmente reaberto por volta das 8h desta terça-feira (30)

Algumas ruas de bairros como Morumbi e Butantã, na Zona Oeste, e cidades da região do ABC estão sem fornecimento de energia elétrica há mais de 24 horas.

No bairro do Brooklin, onde fica a redação do iG São Paulo, Zona Sul, a energia elétrica só foi reestabelecida na madrugada desta terça-feira (30). A interrupção aconteceu durante temporal na madrugada de segunda-feira (29).

Segundo a Secretaria Municipal do Verde o Meio Ambiente, o Parque do Ibirapuera, na zona sul, foi totalmente reaberto por volta das 8h desta terça-feira (30).

Além do fechamento do Ibirapuera, a chuva de ontem provocou a interrupção parcial da Linha 10–Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) por quase 10 horas. O trecho entre as estações Rio Grande da Serra e São Caetano, na Grande São Paulo, ficou bloqueado das 4h40 às 14h25 em razão de uma árvore que atingiu a fiação elétrica da linha. Em média, quase 400 mil pessoas usam a Turquesa diariamente, informou a companhia.

Também em consequência do temporal de ontem, 88 semáforos estão com problemas nesta terça-feira, sendo 36 deles por falta de energia elétrica, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Os demais estão passando por manutenção. 

São Paulo voltou a apresentar chuvas no final da tarde de ontem. Às 16h, boa parte da cidade entrou em estação de atenção para enchentes, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). Nesta manhã, o sol apareceu encoberto por nuvens. As temperaturas devem chegar aos 30 graus Celsius (ºC). A previsão do CGE é que o calor e a disponibilidade de umidade do ar na atmosfera devem provocar chuva forte no decorrer da tarde. Ela pode vir acompanhada de descargas elétricas, rajadas de vento e granizo.

Os próximos dias continuam com condições típicas de verão, com sol, calor e pancadas de chuva no final das tardes, informou o CGE. O último dia do ano deve ter sol e temperaturas elevadas. A mínima deve ficar em torno de 20ºC e a máxima pode superar 32ºC. No primeiro dia de 2015, os termômetros devem variar entre 21ºC e 33ºC. O calor da tarde deve favorecer o retorno das chuvas na forma de pancadas.

Parecer da Eletropaulo

A AES Eletropaulo informa que possui 1750 circuitos – redes de energia que interligam a fiação desde uma subestação até as casas. No pico do vendaval de ontem, 92 deles foram desligados. Neste momento, equipes da empresa trabalham em 16 circuitos que ainda permanecem desligados e o restabelecimento está sendo realizado à medida em que as árvores caídas vão sendo retiradas e as equipes da distribuidora podem iniciar o reparo dos mesmos, incluindo substituição de equipamentos, postes e fiações elétricas.

A concessionária destaca também que as ocorrências são complexas, principalmente, em virtude das árvores de grande porte que caíram sobre a rede elétrica e de um grande número de galhos e detritos lançados na rede elétrica durante o vendaval ocorrido. Segundo a Defesa Civil do município, o número de árvores caídas, mais de 220, é recorde na cidade de São Paulo. Com isso, os sistemas de energia foram danificados em múltiplos pontos da rede.Objetos e galhos de árvore foram arremessados até em linhas de transmissão, que tem mais de 6 metros de altura.

Árvore na calçada atrapalha transeuntes na manhã desta terça-feira (30), na Rua Reação no Butantã. Foto: Futura PressFuncionários do Parque do Ibirapuera fazem a retirada de árvores caídas nesta terça-feira (30). Foto: Futura PressEnfeites da árvore de Natal do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo (SP), que caíram com a chuva que atingiu a capital paulista na madrugada.. Foto: Renato S. Cerqueira/Futura PressQueda de semáforo na Avenida Hélio Pelegrino, esquina com Avenida Santo Amaro, na Vila Nova Conceição, em São Paulo (SP). Foto: Renato S. Cerqueira/Futura PressA Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente afirmou em nota que as árvores estão sendo removidas O parque será reaberto após o fim dos trabalhos. Foto: Renato S. Cerqueira/Futura PressO parque, que deveria abrir às 5h, segue fechado após árvores atingirem a lanchonete, a administração e trilhas ficarem interditadas.. Foto: Luiz Claudio Barbosa/Futura PressApós a forte chuva que atingiu a região do ABC na madrugada, a Linha 10-Turquesa, da CPTM, está com a circulação interrompida entre as estações São Caetano e Rio Grande da Serra. Foto: Futura PressNa manhã desta segunda equipes dos bombeiros e das subprefeituras foram mobilizadas para iniciar os trabalhos de remoção das árvores. Foto: Futura PressHouve queda de energia em bairros como Vila Clementino, Jardim da Saúde Jardim Aeroporto, entre outros. Foto: Futura PressNa madrugada, a CET contabilizou pelo menos 55 quedas de árvores em vias importantes como a Avenida República do Líbano, Marginal Pinheiros, Rubem Berta, Brigadeiro Luís Antônio e Rebouças. Foto: Futura PressO funcionamento dos semáforos também foi afetado com o temporal e 42 deixaram de funcionar por falta de energia. Foto: Futura PressToda a cidade ficou em estado de atenção entre as 0h20 e as 1h23, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE). Foto: Futura PressOs maiores índices pluviométricos foram registrados nos bairros Ipiranga, com 29,2 milímetros (mm), Vila Prudente (26 mm), Vila Mariana (25 mm). Foto: Futura PressO centro de gerenciamento alerta para o risco de alagamentos ainda nesta segunda-feira (29). Foto: Futura PressRaios são vistos na região da Freguesia do Ó, na Zona Norte de São Paulo, SP, na madrugada desta segunda-feira (29), durante a forte chuva. Foto: Futura Press


Leia tudo sobre: falta de energiasão pauloluzchuvas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas