Cidades da Baixada Santista estão em estado de alerta para as chuvas

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

A previsão, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), é de que haja muitas nuvens e pancadas de chuvas isoladas

Agência Brasil

As cidades de Santos, Guarujá e Cubatão, localizadas na Baixada Santista, estão em estado de alerta por causa das chuvas dos últimos dias. Cubatão registrou, em menos de um dia, mais de 70% das chuvas previstas para todo o mês de dezembro. Para a cidade, era esperado o volume de 214 milímetros (mm). Entre a tarde de segunda-feira (22) e a manhã de terça-feira (23), o índice pluviométrico chegou a 156,8 mm.

A previsão, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), é de que haja muitas nuvens e pancadas de chuvas isoladas nesta quinta-feira (25) a qualquer hora do dia em todo o estado de São Paulo.

Na última segunda-feira (22), a Defesa Civil do Estado de São Paulo registrou ocorrências em algumas cidades.

Leia mais: Rodovia que dá acesso ao litoral norte de SP tem trecho de 20 km interditado

Em Santos, a chuva forte causou inundações nas ruas e em algumas casas, localizadas na parte baixa dos bairros de José Menino, Cidade Náutica, Jardim Rádio Clube e Caminho São Jorge. A remoção dos moradores não foi necessária.

A Defesa Civil do município fez uma vistoria em um edifício, na rua Newton Prado, bairro José Menino, que precisou ser esvaziado por precaução. O solo de uma construção próxima afundou, mas depois da avaliação o local foi liberado. Segundo o órgão, não houve comprometimento estrutural e os moradores puderam retornar.

A cidade de Cubatão teve deslizamento na Cota 200, mas sem vítimas. Desde novembro foi decretado estado de observação permanente na área da encosta da Serra do Mar e suas imediações. Essa medida se estenderá até março de 2015.

O Guarujá registrou alagamento em ruas e residências, além de queda de árvores. Os bairros mais atingidos foram: Santa Rosa, Centro, Jardim Virgínia e Santo Antônio. São Vicente também sofreu com as chuvas e a maré alta. Houve inundação em ruas dos bairros de Vila Margarida (México 70) e Jóquei Clube.

De acordo com a Defesa Civil estadual, até o momento, não foram registradas ocorrências envolvendo pessoas desaparecidas, feridas, mortas, desabrigadas ou desalojadas.

Leia tudo sobre: baixada santistalitoral sulpraiaschuvasigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas