Número de desalojados em São Sebastião sobe e chega a 70

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Os bairros mais afetados, segundo a prefeitura, são os localizados na costa sul do município

Agência Brasil

O número de pessoas desalojadas na cidade de São Sebastião, em razão das chuvas, chega a 70. O município, no litoral norte de São Paulo, continua em estado de atenção máxima devido às fortes precipitações que atingem a região.

Os bairros mais afetados, segundo a prefeitura, são os localizados na costa sul do município: Paúba, Maresias, Boiçucanga, Camburi, Barra do Sahy, Juquei e Boracéia. O nível de água, em alguns pontos, chegou a 2 metros de altura. O ginásio de esportes da cidade foi colocado à disposição dos desalojados.

A prefeitura de São Sebastião informa que houve deslizamento em 12 pontos da Rodovia Rio-Santos (SP-055). Na praia de Paúba, uma casa desabou e uma criança de 5 anos teve escoriações leves. De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de São Paulo, a rodovia permanece totalmente interditada, devido à erosão entre os quilômetros 132 (Guaeca) e 147 (Praia de Toque-Toque Pequeno).

Três passarelas foram destruídas nos bairros de Camburi e Boiçucanga, deixando moradores isolados. Em Maresias, um dos lugares mais atingidos, várias famílias perderam móveis, comidas, roupas, com a invasão da água em suas residências.

Além de colchões, roupas e comida, a prefeitura pede doações de água potável, fraldas geriátricas e infantis. As doações devem ser entregues no Fundo Social da cidade e na regional da prefeitura no bairro de Boiçucanga.

Leia tudo sobre: são sebastiãosão paulochuvasdeslizamentosigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas