Chuvas deixam região de Campinas em estado de alerta

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Região entrou em estado de atenção ontem (23) depois de um acumulado de chuvas nas 72 horas anteriores

Agência Brasil

A situação de Campinas e mais seis cidades no interior do estado de São Paulo (Americana, Cosmópolis, Monte Mor, Nova Odessa, Santa Bárbara d'Oeste e Sumaré) começa a voltar ao normal hoje (24), de acordo com a Coordenadoria Regional de Defesa Civil da cidade, que informou não ter chovido na região nesta véspera de Natal. A região entrou em estado de atenção ontem (23), depois de um acumulado de chuvas nas 72 horas anteriores.

De acordo com a Defesa Civil, o limite estipulado pelo órgão para decretar situação de emergência é acúmulo de 80 milímetros (mm) de chuvas. Em Campinas o acumulado chegou a 172,2 mm em três dias. Das 8h às 17h de terça, a chuva acumulou 91,9 mm de água. As chuvas que caíram entre segunda-feira (22) e terça, provocaram alagamentos em imóveis nas regiões noroeste da cidade e queda de árvore na Vila Brandina. Um imóvel ficou alagado no Jardim Santa Rosa e dois na Cidade Campinas.

A chuva também alagou ruas da cidade e segundo a Defesa Civil de Campinas, houve alagamento perto da Estrada da Rhodia, no distrito de Barão Geraldo, em vias próximas ao kartódromo, no bairro Taquaral, e na Rua Carlos de Campos, na Vila Industrial. Uma árvore caiu no Centro de Convivência. Não houve vítimas e o Departamento de Parques e Jardins foi acionado.

Santa Bárbara d'Oeste tem acumulou 159,4mm de chuva, o maior índice da região de acordo com o boletim da Defesa Civil. O segundo maior índice pluviométroco foi registrado em Monte Mor com 118,5mm. Também acumularam mais de 80 mm de chuva, as cidades de Americana (85,7mm), Cosmópolis (89mm), Nova Odessa (87mm) e Sumaré (85,7mm). Os demais municípios que compõem a Região Metropolitana de Campinas estão em estado de observação.

A Defesa Civil de Campinas informou que está de prontidão com o alerta de chuvas que deverão continuar nos próximos cinco dias. 

Leia tudo sobre: brasilsão pauloigspcampinaschuvas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas