Com chuvas, nível do Sistema Cantareira se mantém estável por quatro dias

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Desde sexta-feira (19), Sistema Cantareira se mantém com 6,7% da sua capacidade; chuva mais intensa aconteceu no sábado

Agência Brasil

Desde sexta-feira (19), os reservatórios do Sistema Cantareira mantiveram-se estáveis em 6,7%, segundo medição da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. Durante esses dias, as cabeceiras do manancial receberam chuvas fracas, sendo que a precipitação mais intensa ocorreu no sábado (20), num volume de 14,7 milímetros.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a chegada do verão, que teve início no domingo (21), vai trazer chuvas dentro da média e temperaturas ligeiramente acima do esperado em São Paulo. A tendência para os próximos dias é mais chuvas com a aproximação de uma frente fria.

Na terça-feira (23), o tempo ficará fechado e chuvoso em toda a faixa leste do estado, com queda significativa de temperatura. O CGE alerta também para a possibilidade de alagamentos e deslizamentos de terra.

Nos outros mananciais que abastecem São Paulo, a chuva de ontem foi insuficiente para elevar os níveis dos reservatórios. O Alto Tietê caiu 10,3% ontem para 10,1% hoje. No Sistema Guarapiranga também houve queda, passando de 35,4% ontem para 35,2% hoje.

Leia tudo sobre: brasiligspcantareiracrise da águasabesp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas