Manifestações reúnem mais de 2 mil ativistas no centro de São Paulo

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo a PM, aproximadamente 2 mil ativistas, integrantes da Frente de Luta por Moradia (FLM), interditam o Viaduto do Chá

Agência Brasil

Duas manifestações interditam vias do centro da capital paulista e levaram milhares de ativistas às ruas de São Paulo nesta quinta-feira (3).

Novembro: Protesto pede impeachment de Dilma Rousseff e intervenção militar

Renato S. Cerqueira/Futura Press
Protesto de movimentos por moradia na manhã desta quinta-feira (4) no Viaduto do Chá, próximo à Prefeitura de SP

2013: Confira imagens do sexto dia de manifestações em São Paulo

De acordo com a Polícia Militar (PM), aproximadamente 2 mil ativistas, integrantes da Frente de Luta por Moradia (FLM), interditam o Viaduto do Chá, próximo à prefeitura.

Outra concentração de manifestantes reúne 700 pessoas, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), segundo a PM, que estão paradas na Praça da Sé, também na região central.

A companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que os manifestantes da FLM caminharam da Praça da República em direção à prefeitura e chegaram a bloquear a Rua Coronel Xavier de Toledo. A cidade registra 88 quilômetros de lentidão nas vias monitoradas pela CET.

Leia tudo sobre: igspiGspbrasilsao pauloviaduto do cha

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas