Virada Inclusiva marca o Dia da Pessoa com Deficiência em São Paulo

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Evento também ocorre nos dias 6 e 7 e promove em 63 cidades do estado cerca de 750 atividades em ruas, praças, entre outros

Agência Brasil

Para marcar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado nesta quarta-feira (3), começa hoje a 5ª edição da Virada Inclusiva.

SP: Com 2,8 mi de deficientes, 62% das unidades de saúde sem acessibilidade

Veja fotos de ONG que ensina deficientes físicos a surfar

Um dos fundadores da Adaptsurf, Henrique Saraiva, não deixou que sua paralisia parcial o impedisse de praticar o esporte. Foto: AP Photo/Felipe DanaAlunos da ONG praticam os movimentos básicos antes de entrar no mar. Foto: AP Photo/Felipe DanaRenata Glasner, que sofre de esclerose múltipla, é levada à água por voluntários em uma cadeira de rodas especial. Foto: AP Photo/Felipe DanaVoluntário da ONG acompanha MOnique Oliveira, outra aluna da Adaptsurf. Foto: AP Photo/Felipe DanaA aluna Camila Fuchs se prepara para surfar acompanhada de voluntário da ONG. Foto: AP Photo/Felipe Dana

Mais: Pacientes aguardam até 8h atendimento no Hospital do Servidor em SP

O evento, que também ocorre nos dias 6 e 7, promove em 63 cidades do estado cerca de 750 atividades em ruas, praças, parques, museus e teatros. A estimativa é que reúna mais 30 mil pessoas em todo o estado.

A programação - inclusiva, acessível e gratuita - conta com atividades culturais, esportivas e de lazer para pessoas com e sem deficiência. É coordenada pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e organizada por meio de parcerias entre órgãos públicos e instituições da sociedade civil, tendo como parceiros a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, o Metrô e o Atende.

Na abertura, os Meninos do Morumbi farão uma apresentação no Memorial da Inclusão. A partir das 10h, a Praça Dom Orione, no bairro do Bixiga, será palco de oficina de percussão da escola de samba Vai-Vai e de apresentação de hip hop para pessoas com deficiência.

A partir das 9h30, será feito o Grafite no Escadão, no Jardim Prudência, zona sul da capital. A atividade promoverá a recuperação do escadão da Rua Adolfo Casais Monteiro.

No Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, ao meio-dia, haverá a abertura da exposição O Corcunda de Notre Dame, com intervenção cultural. Na programação noturna, o Sesc Santana promove o Jantar no Escuro, das 19h às 22h, onde o público é convidado a degustar pratos com os olhos vendados.

Já no segundo dia do evento, às 9h, a tradicional Caminhada pela Inclusão pretende reunir cerca de mil pessoas, que partirão da Praça Oswaldo Cruz com destino ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). No mesmo dia, das 9h às 12h, o Zoológico de São Paulo proporciona aos visitantes com e sem deficiência maior contato com os animais e informações sobre cada espécie.

Entre as 11h e as 14h, o Sesc Vila Mariana terá vivência com cão-guia, na qual os participantes poderão fazer pequeno percurso de olhos vendados com os cachorros guiando.

No domingo (7), a partir das 9h, a Praça dos Ciclistas, na Avenida Paulista, será o ponto de encontro da Bicicletada Inclusiva. Nessa atividade, os ciclistas podem levar suas bicicletas ou utilizar as hand bikes, para pessoas com deficiência nos membros inferiores, e as tanden, em que uma pessoa sem deficiência pedala no assento da frente e o ciclista com deficiência visual, no de trás, disponibilizadas para o evento.

Leia tudo sobre: praca dos ciclistasavenida paulistasao pauloigspiGsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas