Reintegração de posse termina de forma pacífica no centro de São Paulo

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Integrantes do MSTS informaram que os líderes do movimento estão em reunião para decidir o que será feito com as pessoas obrigadas a deixar o imóvel

Agência Brasil

Terminou de forma pacífica a reintegração de posse de um prédio localizado no bairro da República, região central da capital paulista. Durante a operação, porém, houve conflitos entre a Polícia Militar e os moradores do imóvel ocupado, integrantes do Movimento dos Sem-Teto de São Paulo (MSTS).

Sem-teto e PM entram em confronto durante reintegração de posse

A reintegração do imóvel da Rua Conselheiro Crispiniano foi solicitada pelo proprietário e concedida pela 32ª Vara Cível do Foro Central Cível.

A doméstica Edilene Francisca da Conceição, que morava no prédio, desocupado havia dois anos e meio, disse que agora vai ficar no edifício do antigo Cine Marrocos, onde já existe uma ocupação.

Segundo Edilene, as famílias que deixaram o imóvel cuja reintegração de posse foi concedida passaram para o prédio do antigo cinema, que fica em frente. “Eles [policiais] vieram com tudo, jogaram bomba e spray de pimenta e não nos deixaram tirar nada. Nós estávamos saindo, estávamos cientes que teríamos que sair hoje, mas não tivemos tempo de tirar as coisas”, reclamou a dona de casa.

No meio da confusão, alguns dos ocupantes do imóvel atearam fogo em objetos e quebraram janelas.

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública de São Paulo, foram feitas reuniões entre os órgãos envolvidos na ação de reintegração de posse e representantes dos moradores para evitar conflitos e garantir a segurança dos residentes no prédio.

Integrantes do MSTS informaram que os líderes do movimento estão em reunião para decidir o que será feito com as pessoas obrigadas a deixar o imóvel.

Leia tudo sobre: iGSPreintegração de possesão paulo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas