Sem chuva, nível cai em todas os mananciais de São Paulo

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Nível do Sistema Cantareira chegou a 10,2%. Já o Alto Tietê teve queda para 6,9%, de acordo com dados da Sabesp

O nível dos seis grandes sistemas de abastecimendo de água da Grande São Paulo tiveram queda nesta terça-feira (18), após a falta de ocorrência de chuvas na região. O volume diminuiu no Cantareira, no Alto Tietê, no Guarapiranga, no Alto Cotia, no Rio Grande e no Rio Claro, segundo informações da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

De acordo com dados divulgados pela Sabesp, apenas o Sistema Rio Grande registrou precipitação nesta segunda-feira (17), mas de baixa intensidade: 0,2 milímetro.

Mais: Nível do Cantareira chega a 10,3% e segunda cota do volume morto é bombeada

Represa do Jaguari, na cidade de Vargem, em setembro; veja mais imagens da situação dos reservatórios do Sistema Cantareira. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em foto de setembro. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em foto de setembro. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura PressSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia Stavis

O Cantareira, que agora só possui água disponível do volume morto, chegou a um nível de 10,2%. Já o Alto Tietê teve queda no índice para 6,9%.

O Sistema Guarapiranga teve queda de 0,4%, chegando a um nível de 34% nesta terça-feira. No Alto Cotia o índice caiu para 28,9%. No Rio Grande a queda foi de 0,2%, chegando a 65,1%. Por fim, no Sistema Rio Claro o nível foi de 35,8% para 35,4%.

Leia tudo sobre: águarepresasmananciaischuvaigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas