São Paulo oferece R$ 30 mil por informação de quadrilha que assaltou carro forte

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Esta é a maior recompensa já oferecida pelo Programa de Recompensa, que foi lançado em maio de 2014

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) ofereceu recompensa de R$ 30 mil para quem passar informações que ajudem na identificação e prisão do autor do homicídio do cabo Alaor Branco Junior, morto na quinta-feira (30) durante um assalto a um carro forte na Rodovia Doutor Adhemar Pereira de Barros (SP-340), na região de Aguaí.

Esta é a maior recompensa já oferecida pelo Programa de Recompensa, que foi lançado em maio de 2014. As denúncias devem ser feitas apenas pelo site do WebDenúncia. O programa garante sigilo absoluto.

Investigação

As informações do denunciante são repassadas aos policiais civis e militares que atuam no WebDenúncia – parceria entre a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e o Instituto São Paulo Contra a Violência (ISPCV) -, que encaminham as informações às equipes responsáveis pelas investigações.

A importância de informações para o Programa Estadual de Recompensa é analisada de acordo com cada caso denunciado. A decisão final sobre o pagamento da recompensa fica a cargo do secretário da Segurança Pública.

Pode receber a recompensa o denunciante que encaminhar informações que contribuam de maneira relevante para que a polícia esclareça o crime. Ou seja, quem fornecer dados que resultem na identificação do autor ou na localização e prisão dele.

Leia tudo sobre: iGSPSão Paulorecompensacarro forteassaltomortepolicial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas