Sandra Regina foi condenada por um sequestro que acabou em morte; ela é a ex de Elize Matsunaga, que esquartejou o marido

Companheira de Suzane von Richthofen no presídio de Tremembé, em São Paulo, Sandra Regina Gomes, 31, é conhecida por seu histórico de violência dentro e fora da cadeia. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Ontem: Suzane Von Richthofen se casa com sequestradora na prisão

Suzane von Richthofen foi presa por ter orquestrado a morte dos pais em SP
Reprodução/Youtube
Suzane von Richthofen foi presa por ter orquestrado a morte dos pais em SP


Dia 21: A pedido de Suzane von Richthofen, Justiça barra regime semiaberto

Julgada e condenada a 24 anos de reclusão por ter participado do sequestro de um jovem de 14 anos em 2003, "Sandrão", como é conhecida na casa de detenção, já até agrediu um agente penitenciário.

A vítima do sequestro, Talisson Vinicius da Silva Castro, 14, era seu vizinho à época. De acordo com a reportagem, o pedido de resgate à família do jovem chegou a 40 mil reais, mas acabou reduzido a 3 mil reais. Os parentes fizeram o pagamento, mas o adolescente acabou sendo morto com um tiro na cabeça. O corpo foi encontrado em um terreno baldio.

Indulto: Irmãos Cravinhos deixam presídio em saída temporária do Dia das Mães

Já presa no centro de ressocialização de São José dos Campos, Sandra agrediu um agente penitenciário e por causa da falta, considerada grave, teve sua pena elevada em mais três anos e 15 dias de prisão. Ela acabou transferida para Tremembé em fevereiro de 2011. No presídio, possui fama de "barra pesada".

Veja imagens do crime cometido por Suzane contra seus pais 

Dinheiro: INSS cobrará Suzane Von Richthofen por pensão paga após morte dos pais

Ela é ex-companheira de Elize Matsunaga, 32, condenada pela morte e esquartejamento do marido, Marcos Kitano Matsunaga, 41, em junho de 2012. O relacionamento das duas acabou no início deste ano por causa de Suzane, aponta testemunhas. As três trabalham na fábrica de uniformes do presídio.

Sandra Regina também é apontada como um dos motivos para que Suzane tenha aberto mão do direito de passar para o regime semiaberto, que a obrigaria a ser transferida para outra unidade prisional. O Tremembé só tem autorização para receber presas ainda em regime fechado.

2013: Justiça nega habeas corpus a Suzane von Richthofen

Crime

Em 31 de outubro de 2002, os pais de Suzane von Richthofen foram mortos a pauladas enquanto dormiam. Os assassinatos foram planejados por Suzane e executados pelo então namorado da jovem, Daniel Cravinhos de Paula e Silva, e pelo irmão dele, Cristian Cravinhos de Paula e Silva. Os três foram condenados pelo crime.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.