Bonificação na conta de água será também passada àqueles que reduzirem consumo em menos de 20%, diz empresa

No auge da maior crise hídrica da história, com níveis dos reservatórios se aproximando de zero neste mês de outubro, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) aprovou a ampliação de bônus na conta dos clientes que economizarem água na região. A medida também vale para Bragança Paulista e Campinas.

Antes limitada aos clientes que diminuíssem suas contas de água e esgoto em 20% ou mais – como bonificação de 30% sobre o valor total –, a norma agora vai incluir também aqueles com economias menores, provendo, no entanto, descontos proporcionais.

Leia também:
Sabesp teme falta de água em São Paulo se não chover nos próximos dias
Condomínios tentam parceria com Sabesp para criar poços artesianos em SP
Funcionários da Sabesp são ameaçados por moradores em bairros onde falta água
Agência constata captação irregular da segunda cota do volume morto pela Sabesp

Quem reduzir o consumo em 10% a 15% terá bonificação de 10%, enquanto aquele que diminui-lo em 15% a 20% ganha desconto de 20%.

A medida entrará em vigor após aprovação da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp).

Veja fotos do cenário desolador dos reservatórios paulistas:

Além da capital paulista e de Campinas, as cidades beneficiadas com a medida são Arujá, Barueri, Biritiba-Mirim, Caieiras, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Diadema, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Itapecerica da Serra, Itapevi, Itaquaquecetuba, Jandira, Mairiporã, Mogi das Cruzes (bairros da divisa), Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Poá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Salesópolis, Santana de Parnaíba, São Bernardo do Campo, Suzano, Taboão da Serra, Vargem Grande Paulista, Bragança Paulista, Hortolândia, Itatiba, Joanópolis, Monte Mor, Morungaba, Nazaré Paulista, Paulínia, Pinhalzinho, Piracaia e Vargem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.