Jovem tem morte cerebral após ser agredido em boate na Grande SP

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Três policiais militares e um quarto rapaz foram presos como suspeitos de agredir o jovem de 23 anos na última sexta-feira

O jovem Rafael Mendes Caetano, 23 anos, morreu após ser agredido na cabeça e no rosto e em seguida ser arremessado do mezanino na parte térrea de uma boate por ao menos três homens na madrugada desta sexta-feira (10).

Mais: Mulher sofre traumatismo craniano após levar cotovelada no interior de São Paulo

A morte cerebral do jovem foi confirmada nesta segunda-feira pela Secretaria Estadual de Saúde. O caso ocorreu em uma casa noturna localizada na avenida Portugal, em Mauá, no ABC.


Segundo informações da polícia, testemunhas relataram que o jovem sofreu as agressões após ter discutido com outros três homens. Caetano teria oferecido bebida para um dos homens que estava armado e desferiu coronhadas no rosto do jovem., Depois, outros dois homens o jogaram do mezanino no térreo, onde fica a pista de dança.

A vítima foi socorrida e encaminhada para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. A ocorrência foi registrada no 1º distrito policial de Mauá, como tentativa de homicídio qualificado, mas, com a morte do suspeito, o inquérito deverá ser alterado para homicídio qualificado.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que três policiais militares foram detidos como suspeitos de participar do crime. Um outro homem que não é ligado a corporação também foi preso.

Leia tudo sobre: jovemboatemorteagredidoigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas