Justiça decreta prisão preventiva de homem que agrediu jovem com cotovelada

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Agressão aconteceu na saída de uma boate de São Roque em agosto. Ele responderá por tentativa de homicídio qualificado

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo decretou nesta terça-feira (16) a prisão preventiva por tempo indeterminado do comerciante Anderson Lúcio de Oliveira, 35 anos, que agrediu a auxiliar de produção Fernanda Regina Cézar Santiago, 30 anos, com uma forte cotovelada no dia 16 de agosto, em São Roque, no interior de São Paulo. 

Leia também:
Mulher sofre traumatismo craniano após levar cotovelada no interior de São Paulo

Assista ao vídeo:

A vítima foi agredida na saída de uma boate da cidade e sofreu traumatismo craniano após ser atingida pelo comerciante. Anderson está presos desde o dia 19 de agosto na cadeia pública da cidade, quando a Polícia Civil pediu a prisão temporária do rapaz.

Mais: Mulher que levou cotovelada recebe alta de hospital após duas semanas internada

Segundo informações do Tribunal de Justiça, o inquérito da investigação foi encerrado no último dia 9 pela Delegacia da Mulher de São Roque. O inquérito instaurado é de tentativa de homicídio qualificado, já que a vítima não teve chance de defesa.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas