Integrantes do movimento sem-teto ocupam terreno em bairro nobre de São Paulo

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Área ocupada fica ao lado do cemitério Gethsemani, no Morumbi, um dos bairros mais valorizados da capital

Cerca de 900 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto ocuparam terreno no Jardim Colombo, ao lado do cemitério Gethsemani, na região do Morumbi, zona sul de São Paulo. A ocupação começou nesta sexta-feira (5) por volta das 22h, com a construção de barracas de lona e bambu.

Divulgação/MTST
Famílias constroem barracas de lona em terreno de 30 mil metros quadrados no Morumbi

Segundo representantes do movimento, parte do terreno de cerca de 30 mil metros quadrados é uma área de Zeis (zonas especiais de interesse social), destinada a construção de moradia popular. O movimento diz que a área está declarada para esse fim no Plano Diretor do municipio. A prefeitura ainda não confirmou a informação.

Leia mais: MTST consegue adiar reintegração de posse e deixa construtora em São Paulo

Cleik Simone Sousa, uma das coordenadoras do MTST, diz que a outra parte, também ocupada pelo movimento, é de propriedade particular.

A Polícia Militar esteve no local nas primeiras horas da ocupação e não houve confronto. "Os vizinhos devem ter chamado a polícia. Estamos cercados de condomínios de alto padrão. Mas como o proprietário do terreno não se manifestou, os políciais só conversaram. Agora só podem tirar as famílias daqui com ordem judicial", disse a coordenadora.

Em nota, o movimento diz o terreno estava abandonado e que a proposta da ocupação é " garantir a destinação do terreno para Habitação Popular e atender as famílias ocupantes nos programas existentes".

Leia tudo sobre: IGSPmovimentos sociaisMTSTinvasãoocupação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas