São Paulo volta a ter rodízio estendido para evitar caos em dia de jogo da Copa

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Carros com placas de final 3 e 4 não poderão circular entre 7h e 20h pelo centro expandido; haverá restrições de trânsito e fiscalização na Vila Madalena e nos entornos da Fan Fest

Para evitar novo recorde de congestionamento na capital paulista antes do jogo da Seleção Brasileira, a Prefeitura de São Paulo volta a estender o Rodízio Municipal de Veículos nesta terça-feira (8), quando veículos com placas com número final 3 e 4 têm restrições de circulação. Assim, a medida, que normalmente impede esses carros de saírem nas ruas do centro expandido em duas faixas de horário durante o dia (7h às 10h e 17h às 20h), será estendida para vigorar entre 7h e 20h.

Leia mais:
São Paulo registra congestionamento recorde antes do jogo do Brasil

Na nota, divulgada na segunda-feira (7), a prefeitura ressalta que, além do rodízio, será estendido para todo o dia o uso das faixas exclusivas para ônibus, bem como a restrição à circulação de caminhões e veículos fretados. Haverá ainda restrições de trânsito e fiscalização na Vila Madalena, bairro boêmio da zona oeste, e no entorno da Fan Fest, na região central, devido ao grande número de torcedores que têm frequentado as duas localidades em dias de jogos. Agências bancárias funcionarão na cidade das 8h30 às 12h30.

A prefeitura também volta a recomendar às empresas para que escalonem a saída do serviço de seus funcionários para evitar maiores impactos no trânsito. O rodízio da manhã à noite já vem sendo utilizado na capital paulista desde o último dia 23 de junho, depois de a Câmara Municipal ter se recusado a votar uma proposta do prefeito, Fernando Haddad (PT), de instituir feriado na cidade em dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo. A medida visa a evitar que São Paulo volte a registrar trânsito semelhante ao de 17 do mesmo mês, quando as filas chegaram ao pico de 302 km nas vias monitoradas antes do confronto entre a equipe de Luís Felipe Scolari e o México.

Já na quarta-feira (9), feriado no Estado em que é lembrada a Revolução Constitucionalista de 1932, o rodízio será suspenso. Na data, Argentina e Holanda se enfrentam na Arena Corinthians, na zona leste da cidade. A circulação de veículos será restrita nas proximidades do estádio.

Veja fotos do trânsito na capital paulista:

A Câmara Municipal aprovou, nesta quarta-feira (28), o fim do rodízio municipal de São Paulo; na foto, Marginal Tietê. Foto: André Lucas Almeida/Futura PressProjeto, de autoria do vereador Adilson Amadeu, ainda precisa ser sancionado pelo prefeito Fernando Haddad. Foto: ReproduçãoProjeto vem em um ano em que a cidade tem registrado seguidos recordes de congestionamento. Foto: Luiz Claudio Barbosa/Futura PressNa semana passada, foi registrado congestionamento de 344 km pela CET. Foto:  Luiz Claudio Barbosa/Futura PressOs recordes de congestionamento são registrados principalmente nos horários de pico. Foto: Renato S. Cerqueira/Futura PressO rodízio limita motoristas a deixarem seus carros fora das ruas do centro expandido uma vez por semana. Foto: Futura PressSão dois os períodos em que não se pode circular: entre 7h e 10h e entre 17h e 20h . Foto: Futura PressCriado em 1997, o rodízio é visto como essencial para desafogar trânsito na cidade, que só piora. Foto: Renato S.Cerqueira/Futura PressO vereador autor do projeto afirmou que não acredita em sua aprovação pela Prefeitura. Foto: DivulgaçãoPara ele, falta coragem a governantes para modificar medidas polêmicas. Foto: Renato S. Cerqueira/Futura PressO excesso de veículos, aliado às chuvas, é o principal motivo para os congestionamentos na capital. Foto: Paulo Lopes/Futura Press


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas