"Use disfarces e ´seja um hacker´", sugere guia de protestos produzido pela FGV

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Também há uma seção específica com dicas de criptografia de mensagens por celular para evitar o rastreamento da polícia

Reprodução/Protestos.org
No guia on-line, há uma seção que dá dicas a manifestantes sobre disfarces

"Disfarce-se: estão de olho em você!" e "Anônimo na rede? É fácil". Essas são apenas duas das chamadas do recém lançado guia digital de protestos. O projeto, de iniciativa do Centro de Tecnologia e Sociedade da Fundação Getúlio Vargas (CTS-FGV) e da ONG Artigo 19 tem como propósito oferecer uma série de orientações para os manifestantes que saem às ruas para protestar.

"A plataforma Protestos.org tem como objetivo resguardar os direitos de privacidade e liberdade de expressão dos cidadãos nas ruas e na rede, sensibilizando e capacitando ativistas contra o aumento da vigilância e das violações de direitos", informa texto de apresentação do portal. A pesquisadora do CTS da FGV Direito Rio, Joana Varon, é quem coordena a plataforma.

Orientações

No site, não faltam "orientações" que podem ser "úteis" durante os protestos. Dicas de criptografia de mensagens por celular - para evitar o rastreamento de forças policiais - , de como criar perfis anônimos na rede - a exemplo dos hackers - estão presentes na plataforma.

Há também uma seção específica de "instrução" para o uso de disfarces: "Use máscaras, se isso não for ilegal em sua cidade. Óculos, perucas e maquiagens malucas também podem dificultar a identificação de seu rosto. E tenha cuidado ao exibir tatuagens!".

A plataforma também tem como um dos propósitos centralizar informações sobre casos de violação de direitos humanos durante as manifestações. Lá, existem relatos de ativistas agredidos durante os protestos e também informações de leitura e legislação sobre o tema.

Leia tudo sobre: iGSPProtestoFGVManifestação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas