Moradores de ocupação atearam fogo a pneus e pedaços de madeira no quilômetro 19 da rodovia, no sentido São Paulo

Moradores de uma ocupação em Osasco, na Grande São Paulo, fecharam a pista sentido capital da rodovia Anhanguera, na manhã desta quinta-feira (15). A ação faz parte da série de protestos por moradia e contra os gastos da Copa do Mundo programados para hoje por movimentos populares. 

Leia também:  Veja como está o trânsito em São Paulo

Protestos fecham avenidas e rodovia de SP

Protestos contra Copa do Mundo devem ser realizados em 50 cidades hoje

Ferroviários de São Paulo suspendem greve marcada para hoje

Manifestantes ligados à Ocupação Esperança, em Osasco (SP), realizam protesto na rodovia Anhanguera
Oslaim Brito/Futura Press
Manifestantes ligados à Ocupação Esperança, em Osasco (SP), realizam protesto na rodovia Anhanguera

Segundo a Autoban, concessionária que administra a rodovia, os manifestantes fecharam a pista no quilômetro 19 da rodovia e colocaram fogo em pneus e em pedaços da madeira. 

Em consequência, a fila de veículos ocupou uma extensão de 7 km por volta das 7h50 .A interdição terminou por volta das 8h.

Apos deixar o km 19, os manifestantes também bloqueiaram o Viaduto Domingos de Morais, que dá acesso à pista da Anhanguera no sentido interior. 

Segundo o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), há previsão de bloqueio período de ao menos 6 grandes avenidas da cidade, nas zonas sul, leste e centro. A proposta é chamar a atenção para as reivindicações levantadas pela Campanha Copa Sem Povo, Tô na Rua de Novo, em especial às pautas de Moradia e Reforma Urbana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.