Sem racionamento de água, Cantareira pode levar até 15 anos para se recuperar; sistema abastece oito milhões de pessoas

O nível da água do sistema Cantareira em São Paulo registrou novo recorde negativo nesta quinta e chegou a 10,5% de sua capacidade total. O índice representa uma queda de 0,2 ponto percentual em relação a quarta-feira. O nível é o mais baixo em 20 anos. 

O Cantareira é formado por seis represas e abastece mais de oito milhões de pessoas na Região Metropolitana da capital paulista.

Inaugurado em 1973, o reservatório precisou de 10 anos para encher em uma época em que a população da capital e cidades vizinhas girava em torno de 4,8 milhões de pessoas. Especialistas afirmam que sem racionamento de água o Cantareira pode levar até 15 anos para se recuperar.

Veja fotos do Sistema Cantareira


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.